Conecte-se conosco

header-top






 

04/03/2024
 

Cultura

Exposição de fotos retrata histórias de transformação e amor-próprio

Redação

Publicado

em

Moradora do bairro Harmonia, 47 anos, Chris Siberino é ativista pela visibilidade trans, celebrada nacionalmente no último dia 29 de janeiro e, mundialmente, em 31 de março. Cabeleireira e maquiadora, ela faz parte dos seis pacientes transgêneros que ilustram a exposição Orgulho de Ser. A mostra pode ser conferida até o dia 29 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas, no Ambulatório T de Canoas (Rua Araçá, 74, Centro).

“É uma reexposição. A primeira ocorreu em março de 2022. Desta vez, é organizada pela Coordenadoria das Diversidades, Povos e Comunidades Tradicionais em parceria com a Política LGBTQIAPN+, da Secretaria da Saúde e Ambulatório T”, destaca o enfermeiro e gestor técnico do Ambulatório T, Sergio William Prinstrop. As fotos da mostra foram feitas pelos fotógrafos Alisson Moura e Guilherme Pereira.

“A mostra é uma oportunidade para promover a conscientização e combater a discriminação que muitas pessoas trans enfrentam diariamente. A visibilidade trans é essencial para quebrar estereótipos e preconceitos, bem como um compromisso contínuo para promover a inclusão e a igualdade”, salienta Sergio.

Para Chris, que foi Miss Trans Canoas em 2016 e 2018, é fundamental as pessoas buscarem acompanhamento profissional especializado ao fazer a transição de gênero. “Eu iniciei por conta própria e não recomendo para ninguém. Sofri com aumento de peso e refletiu na minha autoestima. Quando cheguei ao Ambulatório T fui bem acolhida e orientada. A equipe é muito qualificada e tem um atendimento totalmente humanizado”, explica.

Saiba mais

O Ambulatório T conta com uma equipe multidisciplinar para fornecer uma variedade de serviços de saúde, desde atendimento médico geral até cuidados específicos relacionados à transição de gênero. A estrutura presta atendimento especializado no cuidado em saúde para pessoas trans, travestis e não-bináries residentes de Canoas e Nova Santa Rita.
Pacientes interessados podem procurar a sede do Ambulatório T ((Rua Araçá, 74, Centro) ou agendar o atendimento através do Whatsapp (51) 3181-0718.

Cultura

Cultura na Rua começa neste domingo

Redação

Publicado

em

Foto: Renan Caumo/Divulgação

Um novo projeto deve estimular atividades por meio de eventos culturais de rua. O Cultura na Rua começa neste domingo, 4, e acontecerá semanalmente em diferentes pontos da cidade. Das 13h às 19h, o público poderá conferir apresentações musicais e outras atividades na Rua Dr. Severo da Silva, esquina com a Avenida Santos Ferreira, no bairro Estância Velha. A iniciativa é uma promoção da Secretaria da Cultura.

Para este fim de semana, ainda há o Festival de Carrinho de Rolimã, contação de histórias, declamação e uma feira de variedades. As atividades são abertas ao público em geral e todas são gratuitas.

“O Cultura na Rua é um projeto que vem para descentralizar a cultura em nosso município, levando música, teatro, dança e outras manifestações para uma rua da cidade, sempre aos domingos. Entendemos que esse evento será muito importante para melhorar a vida das pessoas e promover o bem-estar”, destacou o secretário da pasta, DJ Cabeção.

Devido ao Carnaval, nos dias 10 e 17 de março, o Cultura na Rua não será realizado. A ação retoma no domingo seguinte, dia 24.

Continuar a ler

Cultura

Biblioteca Pública inaugura exposição “Gatos nas Letras”

Redação

Publicado

em

Os frequentadores da Biblioteca Pública João Palmo da Silva (Rua Ipiranga, nº 105), podem acompanhar a exposição “Gatos nas Letras”, que apresenta 19 obras que tem esses bichos de estimação como tema.

A mostra segue até dia 1º de março. Segundo a bibliotecária Andréia Knob, os livros estão disponíveis para leitura e empréstimo. Entre os títulos estão “O gato malhado e a senhora Sinhá”, de Jorge Amado, “Garfield”, de Jim Davis, e “Bob, um gato fora do normal”, de James Bowen.

Escritores e seus gatos

É antiga a relação de grandes escritores com esses animais domésticos, sendo que alguns deles dedicaram obras inteiras aos felinos. De Julio Cortázar a Ernest Hemingway, de Ferreira Gullar a Carlos Drummond de Andrade. Jorge Luís Borges, Ezra Pound, Truman Capote, Tchecov, Yeats e Lewis Carroll também viveram cercados por eles. Mestre das histórias de mistério e suspense, Edgar Allan Poe utilizou-os como personagens de seus contos. T. S. Elliot escreveu um livro sobre os gatos.

A Biblioteca fica no térreo da Secretaria da Cultura, na Rua Ipiranga, 105, Centro. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Documentos para o cadastro:

  • Identidade com foto
  • Comprovante de residência atual no próprio nome ou dos pais (se o endereço estiver no nome de terceiros, é preciso apresentar declaração).
Continuar a ler

Cultura

Museu Hugo Simões Lagranha apresenta exposição de obras de apenados LGBTQIAP+ na quarta-feira

Redação

Publicado

em

Museu Hugo Simões Lagranha apresenta exposição de obras de apenados LGBTQIAP+ na quarta-feira

Obras que retratam o inconsciente e as emoções de 12 apenados LGBTQIAP+ do Complexo Prisional de Canoas (Pecan) estarão disponíveis para o público a partir de quarta-feira, 21.

A exposição ‘Expressionismo na Pintura e na Vida’ será inaugurada às 19h, no Museu Hugo Simões Lagranha, na Casa dos Rosa. A mostra, apoiada pela Prefeitura, por meio da Secretaria da Cultura, ficará até o dia 3 de março no espaço.

Obras

As 18 telas, inspiradas no movimento artístico Expressionista, foram elaboradas a partir de oficinas de arte em conjunto à terapia com os apenados. O projeto, entre o artista plástico Aloizio Pedersen e a psicóloga Maristela Mostardeiro, trabalhou a autoestima do grupo, reestabelecendo a autoconfiança entre eles.

As aulas foram ministradas entre outubro de 2023 e janeiro deste ano e contaram com o apoio das empresas Colméia Containers e Pioneira Indústria Textil.

O secretário de Cultura, DJ Cabeção, salientou que apoiar essa mostra, por meio de um projeto tão importante de ressignificação de vida aos apenados, é também um ato de cidadania para a sociedade.

“Toda ressocialização é digna de respeito, principalmente em um sistema em que a maioria não se ressocializa. Estarem engajados com a arte e na evolução pessoal, é apresentar uma forma de liberdade para essas 12 pessoas também”, completou.

As obras poderão ser conferidas de terças às sextas-feiras, das 10h às 17h e aos sábados e domingos, das 14h às 18h. O Museu Hugo Simões Lagranha está localizado na avenida Victor Barreto, 2186, Centro.

 

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm