Conecte-se conosco

header-top






 

23/06/2024
 

Enchente 2024 Canoas

Central de Atendimento do CadÚnico é aberto nesta segunda-feira em Canoas

Redação

Publicado

em

ATENÇÃO! Central do CadÚnico fará somente cadastros novos no sábado, 15

Abriu nesta segunda-feira, 27,  a Central de Atendimento do CadÚnico. O espaço, localizado na Rua Siqueira Campos, 38, está atendendo das 8h às 18h os canoenses aptos a realizar o Cadastro Único (CadÚnico).

De acordo com a gestão municipal, podem se inscrever no CadÚnico as famílias que possuem renda mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 706,00) e tenham renda mensal familiar total de até três salários mínimos (R$4.236,00).

ATENÇÃO: Não é possível realizar esse cadastro de forma online, pois o Governo Federal exige a inscrição seja feita presencialmente.

Todos inscritos precisam atualizar cadastro

Todos que estavam inscritos no CadÚnico até o início da enchente não precisam fazer a atualização, já que a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) repassou os dados dessas famílias ao Governo do Estado, para que sejam beneficiadas pelos programas lançados.

O novo espaço conta com 40 cadastradores, que irão atender a população. Serão distribuídas 2 mil fichas por dia. Profissionais também farão a triagem com as pessoas que buscarem o serviço, orientando quem pode ser beneficiado ou não pelos programas.

Após inserir as informações da família no Cadastro Único, todos os dados são analisados pelo Governo Federal, para ser verificada a veracidade das informações. O Governo Federal indica um prazo médio de 45 dias entre a análise das informações e a liberação dos benefícios.

Confira quais são os programas já anunciados para os atingidos pela enchente e quem pode ser beneficiado:

Volta por Cima

O Governo do Estado disponibilizará uma única parcela de R$ 2.500,00 para famílias em vulnerabilidade social extrema, com renda mensal per capita (por pessoa) de até R$ 218,00.

PIX SOS Rio Grande do Sul

Para ser contemplada, a família não pode ter renda superior a três salários mínimos (R$ 4.236,00), nem ter sido beneficiada pelo programa Volta Por Cima. O Governo do Estado destinará R$ 2 mil por família afetada.

Todas as famílias registradas no CadÚnico com esses perfis já foram cadastradas pela Secretaria de Assistência Social de Canoas. Se alguma pessoa inserida nesses critérios não tenha Cadastro Único, deve procurar a Central de Atendimento. Cada família só pode receber um dos benefícios.

CRAS foram atingidos

Todos os cinco Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) do município foram afetados pelas fortes chuvas e a enchente que atingiram Canoas durante o mês de maio. Os atendimentos estavam sendo feitos, temporariamente, na sede da SMAS e na EMEF Erna Würth.

Comunidade

Escola Dr. Nelson Paim Terra terá centro de distribuição de cestas básicas água e roupas a partir de sábado, 22

Redação

Publicado

em

Escola Dr. Nelson Paim Terra terá centro de distribuição de cestas básicas água e roupas a partir de sábado, 22

A partir de sábado, 22, a Escola Municipal de Ensino Fundamental Dr. Nelson Paim Terra (Rua Primavera, 1676, bairro Rio Branco) será um novo ponto de distribuição de doações para os canoenses, no lugar da Praça Cônego Lotário Steffens.

No local, que vai funcionar das 9h às 16h, é possível retirar cestas básicas, itens de higiene e limpeza, água e roupas.

Para marcar a abertura da unidade, haverá uma programação especial, em parceria com o Exército Brasileiro, que terá serviços como atendimento médico e odontológico, assistência social e psicológica, plantio de árvores e apresentação da banda, entre outras atividades.

Mais locais

Esta será a quinta escola que funcionará como centro de distribuição de doações. Desde a segunda-feira, 17, já estão em operação as centrais na EMEF Professor Thiago Würth (Ginásio – Rua São Gabriel, ao lado do CRAS), no Mathias Velho, na EMEF Max Adolfo Oderich (Rua Professora Dona Sara, 100), no Harmonia, na EMEF Rio Grande do Sul (Rua Wenceslau Braz, 35), no Mato Grande, na EMEF Paulo VI (Avenida Irineu Carvalho Braga, 2781), no Fátima.

Os Centros de Distribuição de Doações atendem de forma descentralizada, em bairros atingidos pela enchente.

Nos locais, as pessoas podem retirar cestas básicas, itens de higiene e limpeza e leite em pó, a cada 15 dias. Marmitas, água e roupas podem ser retiradas diariamente. Aos finais de semana são distribuídas 500 marmitas, por ponto, entre 12h e 14h, e 300 marmitas em cada ponto, em dias de semana.

Público-alvo

O atendimento tem como foco pessoas que residam na área inundada e atendam a pelo menos um dos seguintes critérios: idosos acima de 60 anos ou famílias com crianças/ jovens em idade escolar das redes pública municipal e conveniada ou que estejam no Cadastro Único (CadÚnico).

Em cada escola são distribuídas 40 fichas de atendimento para o Cadastro Único (CadÚnico), diariamente.

Mesmo com a descentralização, a Prefeitura mantém a Central de Atendimento do Cadastro Único, localizada na Rua Siqueira Campos, 38, no Centro.

 

Continuar a ler

Economia

Inscrições para Programa Auxílio Canoense Reconstrução encerram sexta, 21

Redação

Publicado

em

Inscrições para Programa Auxílio Canoense Reconstrução encerram sexta, 21

Estão abertas até esta sexta-feira, 21, as inscrições para o Programa Auxílio Canoense Reconstrução. A iniciativa vai garantir R$ 2 mil, pagos em cinco parcelas, para 5 mil famílias atingidas pela enchente e que estejam inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

A classificação e a seleção dos beneficiários será pelo somatório de pontos de acordo com os seguintes critérios:

– Residente na área atingida pela enchente, no município de Canoas (10 pontos)
– Renda per capita (por pessoa):
– 0 a 10% do salário mínimo: 5 pontos
– 11% a 20% do salário mínimo: 4 pontos
– 21% a 30% do salário mínimo: 3 pontos
– 31% a 40% do salário mínimo: 2 pontos
– 41% a 50% do salário mínimo: 1 ponto
– Um ponto por filho em idade escolar (de 0 a 17 anos)
– Idoso (1 ponto)
– Pessoa com Deficiência (PcD) sem Benefício de Prestação Continuada (BPC) : 2 pontos. Para quem tem BPC, 1 ponto.
– Desempregados: 3 pontos
– Mulheres chefes de família: 5 pontos
– Não possuir nenhum outro benefício social: 5 pontos

A permanência no programa fica condicionada à realização de um dia de trabalho na Frente Emergencial de Limpeza do município, coordenado pela Prefeitura.

O pagamento da parcela do auxílio será feito na data da prestação das atividades, através de PIX, cuja chave deverá ser do titular beneficiário informado no ato da inscrição ou de cartão magnético.

No dia da prestação das atividades, os beneficiários receberão alimentação disponibilizada pelo Município.

As inscrições devem ser feitas por meio de um sistema, disponível neste link.

Confira o decreto que regulamenta o Auxílio Canoense Reconstrução:

Decreto Auxílio Reconstrução

Continuar a ler

Enchente 2024 Canoas

Projeto realiza mutirão de assistência jurídica gratuita para demandas relacionadas à enchente  em Canoas

Redação

Publicado

em

Projeto realiza mutirão de assistência jurídica gratuita para demandas relacionadas à enchente  em Canoas

Alunos, professores e egressos do curso de Direito da UniRitter realizam mutirão de orientação jurídica para atender gratuitamente vítimas da enchente em Canoas.

A equipe de voluntários do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da UniRitter estará realizando atendimentos para sanar dúvidas e identificar as necessidades jurídicas específicas que envolvem as pessoas atingidas pela pior tragédia climática da história do Rio Grande do Sul.

A ação acontece no sábado, 22, nos turnos da manhã (das 9h às 12h) e da tarde (das 13h às 16h), no campus Canoas da instituição de ensino (R. Santos Dumont, 888 – Niterói, Canoas).

Projeto UneDireitos

O mutirão faz parte do projeto UneDireitos, que busca ampliar atendimentos jurídicos à população mais impactada pela enchente. Por isso, a iniciativa realizará a primeira ação em Canoas, uma das cidades gravemente atingidas pela inundação.

“O objetivo da comunidade acadêmica da UniRitter é integrar o curso de Direito nas ações pela reconstrução solidária do Rio Grande do Sul, atentos ao futuro depois da tragédia”, explica a professora Karina Fernandes, uma das coordenadoras do projeto.

Mais do que um plantão de escuta e de assistência à comunidade, os atendimentos do UneDireitos visam conectar as pessoas ao meio jurídico e estudantes, possibilitando orientações adequadas e individualizadas.

“A expectativa é acolher as demandas diversas que possam ser trazidas em relação aos direitos que eles têm como pessoas atingidas pela catástrofe climática e aos direitos relacionados à dignidade na reconstrução de suas vidas”, complementa Karina.

O projeto UneDireitos também tem ações previstas envolvendo outro mutirão de cidadania e uma campanha de arrecadação de livros para estudantes do curso de Direito da UniRitter que tenham perdido seus materiais por causa da enchente.

A outra sessão solidária de assistência jurídica deve ocorrer na Zona Norte de Porto Alegre, uma região que também foi fortemente atingida pela tragédia. A data e local serão confirmados nos próximos dias.

Mutirão de atendimento jurídico gratuito em Canoas

Os interessados em colaborar voluntariamente nos atendimentos à população deverão entrar em contato com o curso de Direito da UniRitter pelo e-mail unedireitos@gmail.com.

Já as pessoas que buscam por assistência não precisam se cadastrar previamente. A equipe de voluntários estará recebendo todos que chegarem precisando de assessoria jurídica no sábado.

A orientação é que sejam levados documentos necessários para consultas, como RG, CPF e CadÚnico.

Cartilha dos Direitos dos Abrigados

Além do mutirão de assistência com orientações individualizadas, o curso de Direito da UniRitter já vem realizando ações solidárias desde maio, quando a instituição de ensino ainda servia de abrigo a vítimas da tragédia.

A Cartilha de Direitos dos Abrigados, elaborada pelos professores Karina Flores e Vinícius Filipin, reúne explicações sobre as sete primeiras políticas públicas anunciadas para auxiliar os atingidos pela enchente e mapeia outras cinco medidas que ainda não haviam sido implementadas.

Por meio das informações do material, os acolhidos no abrigo UniRitter campus FAPA receberam o passo a passo para ter acesso a cada benefício, de acordo com a sua necessidade. É possível ter acesso à versão digital pelo link bit.ly/direitosfapa.

O material está sendo atualizado pelos estudantes do curso e será disponibilizado nas mídias da UniRitter.

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm