Conecte-se conosco

header-top






 

22/06/2024
 

Canal OtPlay

Que resenha? Com Grazi Albuquerque I EP2

Redação

Publicado

em

Que resenha? Com Grazi Albuquerque

O ‘QUE RESENHA? Com Grazi Albuquerque’ debate a reta final da 1ª fase do Gauchão Feminino.

Host: @grazielealbuquerque

Convidados: Alex Moraes (vice-presidente do Cruzeiro) Andreia Steffanello (coach do Cruzeiro) Gabriela Becker (goleira do Cruzeiro)

Parceiros: Águas Itati: https://www.instagram.com/itati.natural/ ZTEC soluções em TI / Jornal O Timoneiro: https://jornaltimoneiro.com.br/

Produção: otPlay Estúdios – produza seu conteúdo (51 3472.3022)

 

Canal OtPlay

RESGATE SEM FRONTEIRAS: Humanos e cães ajudam no trabalho humanitário em Canoas desde as enchentes de maio

Redação

Publicado

em

O Grupo O Timoneiro entrevistou, na semana que passou, alguns dos muitos heróis que a cidade de Canoas teve durante a crise climática e social que atravessou boa parte da cidade durante as enchentes do mês de maio.

A entrevista faz parte da série Histórias da Enchente de 24, parte do especial Canoas +85 Anos

O criador e líder da organização Resgate Sem Fronteiras, Benedito Rodrigues Correa, veio de São Paulo para atuar no auxílio humanitário e também pela causa animal, tirando de telhados e terrenos muitos animais que hoje estão no Abrigo Pata Molhada, no bairro Mathias Velho.

Morador de Guarulhos, na Grande São Paulo, há 45 anos, Correa, como é conhecido, é ecologista e ambientalista, e sempre plantou muitas árvores. “Isso tudo tem a ver com o meio ambiente. Estamos prejudicando demais ele. Por isso a importância do plantio de árvores dentro das cidades, assim como a reciclagem”, aponta.

Desde o começo de maio, muitas árvores também foram plantadas em torno do Pata Molhada por conta da atuação de Correa e das equipes que o auxiliam.

No estúdio também estiveram as cachorras Fronteiras e Resgate, que nos últimos anos atuam no projeto que tem mais de quatro décadas de existência com trabalhos em catátrofes em diferentes regiões do Brasil, como as tragédias de Brumadinho e Mariana, em Minas Gerais.

Correa também explicou como funciona o uso dos cães nos trabalhos de resgate. Os animais pegam o cheiro do alvo com o uso de roupas ou outros objetos da pessoa desaparecida, e são colocados na área para procurar. Ao encontrar, algo, as cachorras sentam, deitam ou mesmo cavocam a terra no ponto indicado. “Aí eu só sinalizo para quem da Defesa Civil, dos Bombeiros ou quem estiver de fato no resgate oficial para procurar, com uma vareta ou algo do tipo, e saio de cena”, disse.

O ambientalista acredita que nunca teve tantas tarefas como na recente crise climática no Rio Grande do Sul. Ele e outros membros do grupo foram não apenas a Canoas e Porto Alegre, mas também a cidades como Eldorado do Sul, mas também para o Vale do Taquari, dada a proximidade e oportunidades de resgate nesses locais. “Nem em Brumadinho ou Mariana eu vi a gente ser tão necessário”, comentou.

No RS, Correa também conheceu novos membros para o grupo. “Depois eu volto para São Paulo, mas o trabalho aqui vai continuar”, declarou.

Juntos, cães e humanos continuam o trabalho junto de veterinários e protetores dos animais que atuam em Canoas desde as enchentes.

Correa ainda lembrou de um caminhão de mantimentos que chegou ao Pata Molhada com 50 toneladas de mantimentos, de produtos de higiene a alimentos. Uma caixa, porém, despertou seu interesse.

Eram 50 cartas de crianças do Ensino Fundamental da cidade de Rio das Pedras, interior de São Paulo. Elas vinham com alimentos e doces para as crianças. Num primeiro momento, não era possível destinar essas mensagens às crianças. Em junho, com a passagem das águas, as cartas foram entregues.

“Pedimos para os pais lerem as cartinhas para os filhos. Elas mandaram para a gente vídeos agradecendo e mandando mensagens para as crianças que enviaram tudo aquilo. Isso é muito puro. Me dá esperança que o ser humano tem ainda muita capacidade para fazer o bem”, afirmou.

Confira a entrevista completa também pelo YouTube da OTPlayTV:

Continuar a ler

Canal OtPlay

Histórias da Enchente de 24: Vanderlei conversa com Gustavo, da Kão Nobre e parceiro do Grupo OT nas redes sociais

Redação

Publicado

em

Histórias da Enchente de 24 Vanderlei conversa com Gustavo, da Kão Nobre e comunicador de OT

Dando continuidade à cobertura especial da enchente de 24, com o quadro Histórias da Enchente de 24, realizada pelo jornal O Timoneiro, o jornalista Vanderlei Dutra recebeu no estúdio Park do Grupo, o canoense Gustavo Cristiano, proprietário da Kão Nobre e parceiro do Grupo OT na produção de conteúdo para redes sociais.

Gustavo foi mais um dos tantos afetados e conta como foi a noite de pânico, como foi o seu resgate e o trabalho voluntário que vem realizando desde então.

Confere o episódio completo abaixo:

Continuar a ler

Canal OtPlay

Secretário de Assistência Social de Canoas explica os auxílios emergenciais e fala sobre cadastros

Redação

Publicado

em

Secretário de Assistência Social de Canoas explica os auxílios emergenciais e fala sobre cadastros

Na sexta-feira, 22 de maio, o jornalista Vanderlei Dutra conversou ao vivo com o Secretário de Assistência Social de Canoas, Paulo Souza, sobre os auxílios emergenciais e cadastros para atingidos pela enchente no município.

Confira episódio completo:

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm