Após reforma, Pronto Socorro de Canoas ganha novos leitos para internação

Foi entregue, na terça-feira, 10, a reforma de vários setores do Hospital de Pronto Socorro, que irão beneficiar pacientes, profissionais e familiares de internados. Coordenada pela Prefeitura de Canoas, a obra, além de modernizar o pronto atendimento do hospital, ainda aumentou o número de leitos em UTI e deu mais novos leitos de internação, para pacientes em situações graves. A entrega da reforma marca uma nova era no Pronto Socorro, que, nos últimos dois anos, vêm se destacando pela qualidade do atendimento e a notável melhora nas condições de trabalho dos profissionais.
Foram reformadas as salas de cirurgias e de recuperação, a Sala Amarela virou uma unidade de UTI com 10 leitos, além disso, as alas de internação foram reformadas e ganharam nove novos leitos. Também foram renovadas as salas de recepção, acolhimento, triagem, ouvidoria, Serviço Social e Traumatologia.

Reforma no HPSC
Esta é a segunda etapa de revitalização do Hospital de Pronto Socorro de Canoas, que ainda deve receber um novo ciclo de obras. A primeira parte, que já foi terminada, incluiu a reestruturação e melhorias na área social externa, áreas cobertas de acessos, na estrutura de recepção, sanitários e sala de espera dos familiares. Ao todo, será revitalizada uma área de 451 m² do hospital. Além disso, a intenção é reformar a portaria central, o saguão, a recepção e revitalizar as fachadas. Com a reforma, os atendimentos no hospital terão seus fluxos revistos para melhoria no atendimento.
O investimento da obra está estimado em R$ 1,3 milhão, aporte é feito integralmente com recursos próprios do município. Os valores já estavam previstos no orçamento e não prejudicam o pagamento de salários dos profissionais da saúde, consultas e exames. A iniciativa se soma às obras de manutenção em outras unidades de saúde, que já estão sendo realizadas para garantir melhor atendimento aos pacientes e condições de trabalho aos profissionais.

Mais melhorias

O Hospital de Pronto Socorro de Canoas vai ainda passar por mais reformas, que, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, devem servir para qualificar ainda mais, tanto a estrutura física das instalações quanto o atendimento aos pacientes.

Humanização na pandemia
Durante a pandemia do novo coronavírus, a adoção de novas tecnologias torna-se indispensável em diferentes espaços para aproximar as pessoas e reduzir os impactos provocados pelo distanciamento social. Durante a pandemia, o HPSC, referência em trauma para 137 municípios, aderiu às chamadas de vídeo como meio de manter as visitas de familiares aos pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). A iniciativa foi realizada por profissionais do Serviço de Psicologia e visou, ainda, o equilíbrio emocional de quem se encontra em um momento de tamanha fragilidade. O fluxograma das visitas virtuais inicia com a coordenação das UTIs que lista as internações em uma planilha e a remete ao Serviço de Psicologia. A psicóloga realiza o contato telefônico com o responsável e agenda o encontro virtual. O interessado se desloca até a sala de psicologia no hospital, onde faz a videochamada com suporte emocional do psicólogo, considerando a singularidade do adoecimento do paciente e da estabilidade emocional do familiar no momento da visita.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here