Olegar Lopes: “Seminário para Patrões”

Olegar Lopes – Agenda Tradicionalista

Seminário para Patrões

Foi no 36º Congresso Tradicionalista Gaúcho, realizado em janeiro de 1991, em Júlio de Castilho, que o saudoso Onésimo Carneiro Duarte apresentou proposição sugerindo a realização de um encontro ou reunião anual para orientar patrões e pretendentes ao cargo. Encontro que seria promovido em todas as RTs onde, através de palestras, os tradicionalistas seriam orientados de como dirigir um CTG. Esses encontros seriam chamados   Seminário para Patrões, evento que seria organizado e realizado pelas coordenadorias regionais.

A proposição foi aprovada no citado congresso, mas como muitas vezes proposições são aprovadas e nem sempre são postas em prática de imediato, no Seminário para Patrões não foi diferente. Três anos já haviam se passado e nenhuma RT havia realizado o dito seminário, foi quando, no final de 1993, o João Carlos de Moura foi convidado para novamente concorrer a coordenador – ele já havia sido coordenador em 1991 e 1992. Foi quando ele me convidou para ser diretor de eventos da 12ª RT, com uma condição: organizar o primeiro Seminário para Patrões no decorrer do ano de 1994. Eu aceitei o desafio e, no mês de setembro de 1994, dias 11, 12 e 13, realizamos o 1º Seminário para Patrões, não só da 12ª RT, mas das demais 29 regiões tradicionalistas.

O primeiro seminário só não foi completo pela ausência do mentor do seminário, Onésimo Carneiro Duarte que viria de Vacaria para a abertura do evento no dia 11 e ficaria em Canoas até domingo, dia 13, para o encerramento. Quis o destino que ele não assistisse à realização do seu sonho, no início daquela semana sofreu um AVC o que impossibilitou sua presença. O primeiro seminário foi realizado no CTG Raízes da Tradição, na gestão do patrão Mário Fernandes Monteiro, evento que em 2019 completou sua 25ª edição ininterruptamente. A 26ª edição, por motivo da pandemia, será realizada no ano de 2021.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here