Conecte-se conosco

header-top






 

15/07/2024
 

Nova Santa Rita

Temporal causa estragos e afeta centenas de famílias em Nova Santa Rita

Redação

Publicado

em

Temporal causa estragos e afeta centenas de famílias em Nova Santa Rita

A forte chuva da madrugada de sábado, que contou com ventania, atingiu a comunidade de Nova Santa Rita.

De acordo com a Prefeitura Municipal, as secretarias que integram o Gabinete de Crise trabalham para ajudar as famílias que tiveram suas casas atingidas pelo temporal.

A manhã do domingo, 12, foi de intenso trabalho no bairro Berto Círio.

A Secretaria de Desenvolvimento Social atendeu mais de 120 famílias, que realizaram cadastro para retirar lonas, em uma ação em parceria com a Defesa Civil.

As aulas nas escolas Miguel Couto e EMEI Vó Enedina foram suspensas nesta segunda-feira, 13.

Em caso de emergência, ligue:

DEFESA CIVIL: 51 989228949
GABINETE DE CRISE: 51989458200
BRIGADA MILITAR: 190

Notícias

Corpo de Bombeiros Militar é inaugurado no bairro Pedreira, em Nova Santa Rita

Redação

Publicado

em

Corpo de Bombeiros Militar é inaugurado no bairro Pedreira, em Nova Santa Rita

Um sonho do município se torna real a partir desta quinta-feira, dia 4 de julho. Nova Santa Rita inaugura o quartel do Corpo de Bombeiros Militar, no bairro Pedreira.

O evento contou com a participação do prefeito Rodrigo Battistella, do comandante geral do Corpo de Bombeiros do RS, coronel Eduardo Estevam Camargo Rodrigues, e com o comandante do Batalhão de Bombeiros Militar de Nova Santa Rita, o major Vinícius Lang dos Santos, além de vereadores e autoridades municipais.

O líder do Executivo elogiou o trabalho que os militares já desenvolvem na cidade, e, principalmente, o apoio dado durante os momentos críticos que Nova Santa Rita tem enfrentado desde o ano passado, com cheias e vendaval, que atingiu o bairro Berto Círio e destelhou inúmeras moradias. ]

“Além da proteção à vida, o Corpo de Bombeiros também tem como missão a proteção do patrimônio e do meio ambiente. Esses servidores públicos do Estado, atuam em todas as frentes e trarão ainda mais segurança para quem vive aqui”, pontuou Battistella.

O espaço, segundo o prefeito, foi pensado para que pudesse receber com conforto os homens e mulheres que atuarão na cidade. O local amplo, pintado e mobiliado servirá para que todos que os profissionais tenham conforto e condições de trabalho.

“Sabemos a importância que é ter um quartel aqui em nosso município. Foi uma batalha que abraçamos e, graças a Deus, conseguimos inaugurar. Agora, nossa cidade está mais protegida em caso de sinistro”.

O quartel da cidade é do modelo comunitário, formado por oito bombeiros civis – disponibilizados pelo município – e 10 militares.

“Os civis fizeram curso operacional na Academia do Batalhão de Bombeiros Militar do RS e estão preparados para, juntos, prestarem um excelente trabalho em nosso município”, finaliza Battistella.

Atuação na enchente de maio

As guarnições estiveram na enchente ocorrida no mês de maio, em Nova Santa Rita. Com o efetivo de apoio do 1º Pelotão Canoas no dia 2 de maio de 2024 foi necessária a retirada da zona de risco de cerca de 60 pessoas atingidas pelas águas do Rio Caí, no bairro Morretes.

Mesma situação se repetiu no bairro Porto da Figueira, na “antiga Olaria”, em que três pessoas foram resgatadas com nível de água acima dos dois metros de altura.

O trabalho seguiu entre 3 e 5 de maio de 2024, devido à elevação contínua do Rio dos Sinos e Caí, os resgates em áreas de risco continuaram. Houve remoção de mais de 170 pessoas.

Atuaram na missão somente de militares que residem na cidade, visto que não tinha como receber apoio de profissionais que moram fora da cidade por que a BR-386 estava sem acesso rodoviário, somente por embarcação.

Continuar a ler

ENCHENTE RS

Prefeito de Nova Santa Rita fala sobre projeto habitacional para afetados na enchente em reunião com Paulo Pimenta

Redação

Publicado

em

Prefeito de Nova Santa Rita fala sobre projeto habitacional para afetados da enchente em reunião com Paulo Pimenta

A busca de um decreto que possa simplificar os projetos habitacionais para as pessoas atingidas pelas cheias da maior catástrofe climática do Rio Grande do Sul, norteou uma reunião do prefeito de Nova Santa Rita Rodrigo Battistella com o ministro da Secretaria para Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, em Porto Alegre, nesta quinta-feira, 4.

O encontro, que reuniu prefeitos(as) do Estado, contou com a participação do ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes; secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Wolnei Wolff Barreiros e do secretário nacional de Habitação, Hailton Madureira de Almeida.

Prefeito de Nova Santa Rita fala sobre projeto habitacional para afetados na enchente em reunião com Paulo Pimenta

Divulgação Prefeitura Nova Santa Rita

“Minha Casa, Minha Vida”

Segundo Battistella, o lançamento da faixa 3 do “Minha Casa, Minha Vida” também foi abordado.

“Falamos sobre a possibilidade de inclusão de regiões, ao invés de casas em locais em que o bairros ficou destruído pelas águas”, frisa.

Ele acrescenta que a reunião vislumbrou a possibilidade de um decreto que possa funcionar de forma emergencial para desburocratizar e agilizar o processo de liberação de documentação e recursos para as famílias.

“Outro ponto importante foi a discussão sobre o projeto de construções populares para os atingidos pela enchente”.

Prefeito de Nova Santa Rita fala sobre projeto habitacional para afetados da enchente em reunião com Paulo Pimenta

Divulgação Prefeitura Nova Santa Rita

100 apartamentos e 66 casas

“Nós já enviamos para a Caixa Econômica Federal todos os dados e documentações necessários para a tramitação e liberação das moradias. Isso é fundamental para que nossas famílias, que tanto perderam e sofreram, possam ter um lugar para chamar, novamente, de seu”.

O município está em processo de credenciamento das empresas que poderão manifestar interesse e realizar as construções no município. Segundo a gestão municipal, esse processo deve levar cerca de 30 dias e, após, as aptas terão até 10 meses para entregar as obras.

Continuar a ler

Nova Santa Rita

Prefeitura se reúne com moradores atingidos pela enchente para detalhar ações no bairro Berto Círio

Redação

Publicado

em

Prefeitura se reúne com moradores atingidos pela enchente para detalhar ações no bairro Berto Círio

Uma série de medidas foi tomada pela Prefeitura de Nova Santa Rita para atender a comunidade afetada pelos deslizamentos no bairro Berto Círio, na última semana. O ocorrido causou a interdição de, ao menos, 20 casas na sexta-feira, dia 21, nas ruas L e Padre Eugênio Mess.

Para informar a população da localidade, o prefeito Rodrigo Battistella, ao lado da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e demais secretarias do governo municipal, promoveu uma reunião, na noite de terça-feira, 25, para detalhar as iniciativas. Cerca de 50 pessoas participaram.

Durante o encontro, Battistella apresentou os projetos em que as pessoas afetadas poderão se beneficiar. O Auxílio Reconstrução, do Governo Federal, com recurso de R$ 5.100 (por família); o Minha Casa Minha Vida Calamidade, com o cadastro das pessoas atingidas; cadastro no Pix SOS do Governo do RS, onde cada grupo familiar poderá receber o valor de R$ 2 mil (é necessário cadastro no CadÚnico e há critério de renda); e o Programa Cartão Solidário, uma iniciativa do município de Nova Santa Rita, que beneficia cada família com R$ 2 mil.

Conforme o prefeito, essas são ações para amenizar tantas perdas que nossos moradores tiveram.

“Passamos por momentos delicados em nossa cidade, especialmente no Berto Círio, que foi atingido por vários fenômenos meteorológicos. No ano passado os fortes ventos devastaram uma área da localidade, depois as cheias do Sinos e, agora, os deslizamentos”, detalha o prefeito que, ao lado das equipes técnicas, acompanha o trabalho na região.

Até a estabilização do terreno, nada poderá ser feito. “Com o excesso de chuva, uma massa de argila se deslocou, provocando essa situação. Estamos na expectativa de que o tempo melhore e firme, para que possamos trabalhar na área afetada”.

Acolhimento

Desde as cheias que atingiram o Estado no último mês, a Prefeitura de Nova Santa Rita disponibiliza um Centro de Acolhimento aos moradores impactados. O local fica na Rua Porto da Farinha, n° 256, no bairro Caju, e também funciona como ponto de coleta de doações para a população em vulnerabilidade.

“Todas as pessoas que necessitam têm um lugar com privacidade e conforto, pelo tempo que for necessário. São mini casas, com toda estrutura necessária, cama, roupas limpas, refeições – com acompanhamento nutricional -, estacionamento, local para os pets e segurança”, pontua Battistella.

A Defesa Civil segue no local. Em caso de necessidade, a população pode acionar o órgão através do número 98922-8949, para ligação ou mensagem no Whatsapp.

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm