Republicanos de NH e mais 14 pessoas são obrigados pela Justiça a apagar ataques contra Fátima Daudt nas redes sociais

A Justiça Eleitoral determinou o prazo de 24 horas para que o diretório municipal de Novo Hamburgo do partido Republicanos e mais 14 pessoas apaguem publicações em redes sociais nas quais chamam de “fraudulenta” a pesquisa divulgada pela coligação Unidos Por Novo Hamburgo, encabeçada pela atual prefeita, Fátima Daudt (PSDB).

Em seu despacho, o juiz Alexandre Kosby Boeira, responsável pela 76ª Zona Eleitoral, determinou a todos que apaguem as publicações no prazo estipulado, sob pena de multa diária de R$ 1 mil para cada postagem que ainda estiver circulando e de suspensão do acesso a todo conteúdo veiculado na página responsável pela disseminação do conteúdo.

A decisão do magistrado ainda concedeu direito de resposta à coligação Unidos Por Novo Hamburgo (PSDB, MDB, PDT, PTB, PSB, PSD, Cidadania, Avante). Deverá ser garantido espaço de mesma proporção nas páginas e perfis responsáveis pelos ataques proferidos contra a candidata do PSDB para que se faça o devido esclarecimento.

Todos têm 48 horas para apresentar defesa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here