Jorge Uequed: “Tive a honra de participar da elaboração da Constituição de 88”

Jorge Uequed – Momento Político

Paim

O senador Paulo Paim (PT-RS) foi reconhecido no último domingo, 4, pela Organização das Nações Unidas (ONU) como uma das cem pessoas negras mais influentes do mundo em 2020. O MIPAD (Os Maiores Influenciadores Afrodescendentes) é publicado desde 2017 e indica personalidades que se destacam entre os empreendedores e realizadores de ascendência africana em todo o mundo.

Paulo Paim discursou na abertura do evento na sexta-feira, 2, e afirmou que é preciso fortalecer o meio ambiente. “Tudo está conectado. Pessoas, diversidade, natureza, democracia, justiça, direitos humanos, economia e bem estar social”, disse o senador em vídeo.

No ano de 2019 Paim foi escolhido, pelos jornalistas que cobrem o Congresso, como o melhor senador do Brasil. É um destaque para Canoas e os rio-grandenses.

Em Porto Alegre

O PSDB da capital indicou como um dos seus candidatos a vereador Polibio Junior. Ele representa a história digna e honrada de seu pai, o jornalista Polibio Braga, um dos nomes mais respeitados da vida política gaúcha.

5 de outubro

Comemoramos os 32 anos do nossa Constituição, da qual tive a honra de participar da elaboração. É a sétima carta e sexta do período republicano. Abaixo um resumo das principais mudanças determinadas pela Constituição de 88:

– Eleição direta em todos os níveis, de vereador a presidente da República.

– Proibição da tortura e de ações armadas contra o Estado democrático, que passam a ser consideradas crimes inafiançáveis e imprescritíveis.

– Fim da censura prévia a emissoras, filmes, peças de teatro e imprensa.

– Direito de voto para os analfabetos.
– Voto facultativo para jovens entre 16 e 18 anos.

– Direito à greve e liberdade sindical.

– Introdução do seguro-desemprego.

– Licença maternidade de 120 dias e licença paternidade de cinco dias.

– Implementação do Sistema Único de Saúde (SUS).

– Autonomia maior para os municípios.

– Estabelecimento da função social da prioridade privada urbana.

– garantia de demarcação das terras indígenas.

– Proibição da comercialização do sangue e de seus derivados.

– Aposentadoria para trabalhadores rurais, mesmo que não tenham contribuído para o INSS.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here