Conecte-se conosco

header-top



 




 

22/04/2024
 

Destaques

Canoas decreta situação de emergência diante do risco de epidemia de dengue; casos passam de mil

Redação

Publicado

em

Canoas decreta situação de emergência diante do risco de epidemia de dengue; casos passam de mil

O prefeito em exercício de Canoas, Nedy de Vargas Marques, declarou, nesta quinta-feira, 21, situação de emergência em saúde pública para prevenção, controle e atenção à saúde diante do risco epidemiológico decorrente da epidemia de doença infecciosa viral (dengue), transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Considerações

Para os fins deste Decreto, considera-se risco epidemiológico o reconhecimento das seguintes situações: I – presença do mosquito Aedes aegypti em 100% (cem por cento) dos bairros do Município de Canoas, aumento expressivo do número de casos prováveis de dengue, acima do limite superior endêmico do diagrama de controle, a partir da semana epidemiológica quarenta e nove (dezembro) de 2023; tendência de superação das séries históricas observadas durante as maiores epidemias de dengue no Estado, ocorridas nos anos de 2022 e 2023, conforme projeção da curva epidêmica para o ano de 2024; aumento superior de 467 por cento no número de casos confirmados nos primeiros três meses em 2024, em comparação ao período do ano de 2023 e primeira morte confirmada em decorrência da doença na cidade, dentre outras.

O Decreto vigorará pelo prazo de até 180 dias.

Casos de Dengue confirmados em Canoas 2024:

1138 casos de Dengue, sendo 1129 autóctones e 9 importados.

Segue a distribuição dos casos por bairro:
Bairros:

Estância Velha: 539 casos
Guajuviras: 199 casos ( autóctones) + 2(importados)
Olaria: 45 casos
Harmonia: 62 casos
Marechal Rondon: 16 casos autóctones e 2 (importados)
Nossa Senhora das Graças: 89 casos (autóctone) e 1 caso (importado)
São José: 12 casos autóctones+ 1 caso (importado)
Centro: 7 casos autóctone e 1 caso (importado)
Rio Branco: 15 casos
Mathias Velho: 53 casos
Niteroi: 41 casos autóctones e 2 importados
Mato Grande: 9 casos
Igara: 28 casos
Fátima: 11 casos
São Luís: 3 casos

Fonte: SinanWeb Dengue e setor de epidemiologia de Canoas (Dados atualizados dia 19/03)

Destaques

Homem se passa por servidor da Prefeitura de Canoas para extorquir comerciantes locais

Redação

Publicado

em

Homem se passa por servidor da Prefeitura de Canoas para extorquir comerciantes locais

Foi divulgada nesta terça-feira, 26, uma matéria apurada pelo repórter investigativo Giovani Grizotti, do GZH, que mostrava um falso servidor da Prefeitura de Canoas, chamado Paulo Ricardo da Silva, extorquindo empresários locais em troca de contratos em prestação de serviços.

Na matéria, três empresários canoenses alegaram ter repassado meio milhão de reais a Paulo Ricardo da Silva, conhecido como Paulinho, que se utilizava de um possível vínculo com o prefeito em exercício de Canoas, Nedy de Vargas Marques (Progressistas), para aplicar os golpes.

Conforme a reportagem, as vítimas eram procuradas por Paulinho que oferecia contratos emergenciais e sem licitação em troca de propina para servir lanches e café em órgãos da Prefeitura.

Os comerciantes disseram à investigação que os falsos contratos teriam um falso brasão e o nome do Prefeito, e que, depois de assinados, os documentos seriam levados para dentro de uma subprefeitura, sendo recebidos por um funcionário municipal que se passava por secretário.

Falsa ligação com a Prefeitura e Nedy

Segundo ainda consta na matéria de GZH, o falso assessor também mandava fotos com crachá e colete da Prefeitura. Procurado pela reportagem, o prefeito Nedy confirmou que o homem é irmão da sua nora, ou seja, cunhado do filho dele, e que assim que soube do caso, no dia 21 de fevereiro, após uma denúncia de um dos comerciantes lesados, informou à Procuradoria-geral do Município.

“Quando tomei conhecimento, fiz contato com o procurador-geral e com o Coronel Pitta (atual secretário de Segurança Pública de Canoas), que elaborou um relatório técnico que foi aprontando para a Delegacia de Polícia. Ele é irmão da minha nora. Ele está afastado da família, pois é um delinquente”, disse.

Umas das vítimas do golpista teria feito boletim de ocorrência, mas afirmou continuar sendo procurado pelo criminoso.

Nota da assessoria do prefeito Nedy

Uma nota da assessoria do prefeito Nedy diz que “no dia 6 de fevereiro, a partir da denúncia de uma vítima, a Diretoria de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública de Canoas passou a levantar dados para saber quem seria o suposto estelionatário que estaria se passando por assessor do chefe do Executivo.

Na posse dos dados, foi elaborado um Relatório Técnico de Inteligência e, juntamente com o registro policial da vítima, os documentos foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia, responsável pelas investigações de estelionato.

O secretário de Segurança Pública de Canoas, tenente-coronel Marcelo Pitta, chama atenção da população para ação do estelionatário. “Esse suposto agente público está aplicando golpes em empresários do Município através de contratos falsos de serviços junto à Prefeitura”, alerta. Conforme Pitta, qualquer suspeita de irregularidade pode ser denunciada para a Guarda Municipal, pelo 153, ou para Brigada Militar, pelo 190. Quem já foi vítima deve fazer o registro na delegacia de polícia mais próxima.

A Prefeitura informa, ainda, que já foi encaminhada a abertura de um processo interno de sindicância para apurar sobre os materiais de identificação utilizados irregularmente pelo golpista e suposta utilização do prédio da subprefeitura e participação de um ex-funcionário”.

Investigação policial

Por fim, as informações da matéria de GZH dizem que a Polícia Civil investiga se existem outras pessoas envolvidas nas extorsões e diz que, nos próximos dias, deve pedir medidas judiciais contra Paulinho. O Ministério Público informou que a apuração será feita pela promotoria de Canoas.

Procurado pelo GDI, Paulo Ricardo da Silva negou envolvimento em extorsões, disse que não usou o nome do prefeito para aplicar golpes e que nem sequer conhece o chefe do Executivo de Canoas.

 

Continuar a ler

Destaques

Suspeitos da morte de Marielle Franco são presos no Rio de Janeiro na manhã deste domingo

Redação

Publicado

em

Suspeitos da morte de Marielle Franco são presos no Rio de Janeiro na manhã deste domingo

Na manhã deste domingo, 24, a cena política do Rio de Janeiro foi abalada com a prisão dos irmãos Domingos Inácio Brazão e João Francisco Inácio Brazão, ambos políticos com longa trajetória no estado.

Além deles, Rivaldo Barbosa, ex-chefe da Polícia Civil fluminense, também foi detido. Todos são apontados como possíveis mandantes do assassinato brutal da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes.

Irmãos Brazão

Os irmãos Brazão, com um histórico de influência política em Jacarepaguá, região controlada por grupos paramilitares, têm enfrentado acusações desde o trágico evento que tirou a vida de Marielle. Domingos Brazão, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), teve a prisão preventiva decretada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Apesar de negar veementemente qualquer ligação com o crime, sua trajetória política é marcada por controvérsias.

Domingos Brazão

Domingos Brazão

Domingos Brazão

Desde seus primeiros passos na política, Domingos Brazão acumula polêmicas, incluindo acusações de abuso de poder econômico e compra de votos, além de episódios de afastamento de cargos públicos devido a denúncias de corrupção. Sua prisão temporária em 2017, durante a Operação Quinto do Ouro, adicionou mais um capítulo nebuloso em sua carreira política.

Agora, as suspeitas que o envolvem no assassinato de Marielle Franco parecem alcançar um novo patamar, com relatos apontando-o como possível autor intelectual do crime. Embora tenha sido denunciado pela Procuradoria Geral da República por obstrução de justiça, sua posição privilegiada no TCE e os trâmites legais têm dificultado o avanço das investigações.

Chiquinho Brazão

Chiquinho Brazão

Chiquinho Brazão

Seu irmão, João Francisco Inácio Brazão, conhecido como Chiquinho Brazão (União Brasil), também enfrenta uma situação delicada. Empresário e político, Chiquinho tem uma trajetória política que inclui passagens pela Câmara Municipal do Rio e pela Câmara dos Deputados. Sua ligação com Marielle Franco, durante os dois anos em que compartilharam o plenário, contrasta com as acusações que agora pairam sobre sua família.

Rivaldo Barbosa

Rivaldo Barbosa

Rivaldo Barbosa

Além dos irmãos Brazão, a prisão de Rivaldo Barbosa, ex-chefe da Polícia Civil do RJ, adiciona mais complexidade ao caso. Empossado um dia antes do assassinato de Marielle, Barbosa é citado em um contexto onde sua atuação no combate à corrupção é questionada.

Enquanto as investigações avançam e a sociedade exige respostas, o Rio de Janeiro se vê mergulhado em um turbilhão político. A prisão dos suspeitos reforça a necessidade de transparência e justiça, em um episódio que transcende as fronteiras estaduais e assume dimensões nacionais e internacionais.

O desenrolar desse caso será crucial não apenas para o esclarecimento do assassinato de Marielle Franco, mas também para a própria credibilidade das instituições democráticas do país.

 

Continuar a ler

Destaques

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Câmara entrega Prêmio Picucha Milanez a onze homenageadas

Redação

Publicado

em

DIA INTERNACIONAL DA MULHER: Câmara entrega Prêmio Picucha Milanez a onze homenageadas – Foto: Bruna Ourique

A Câmara promoveu na quinta-feira, 7, a 25ª edição do Prêmio Picucha Milanez, concedido pelo Legislativo canoense a mulheres que tenham se destacado em suas áreas de atuação. Foram onze agraciadas na cerimônia alusiva ao Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março.

Vereador Eric Douglas, Busato, Cris Moraes, Gisele Uequed e Nedy de Vargas Marques - Foto: Bruna Ourique

Vereador Eric Douglas, Busato, Cris Moraes, Gisele Uequed e Nedy de Vargas Marques compuseram a bancada – Foto: Bruna Ourique

Presidente do Legislativo, Cris Moraes iniciou a sessão solene enaltecendo as mulheres presentes. “Admiro-as pela resiliência, pelo empoderamento e pela consciência de suas capacidades de lutar por equidade de gênero em um mundo como o nosso”, concluiu Cris.

Discursos

Após receber o prêmio das mãos da única mulher vereadora de Canoas, Maria Eunice, Gisele Uequed, ex-prefeita de Canoas e homenageada escolhida como porta-voz das demais agraciadas, destacou o trabalho conjunto com diversas mulheres que se dedicam a diferentes áreas de atuação na cidade, desde a segurança pública até o apoio a crianças e animais, passando pela educação e pelo incentivo à participação feminina na política, incluindo a ex-vice-prefeita Beth Colombo, pela dedicação e trabalho realizado.

Ex-vice-prefeita de Canoas, Gisele Uequed

Ex-vice-prefeita de Canoas, Gisele Uequed – Foto: Bruna Ourique

Quem também compôs a mesa durante a cerimônia foi o ex-prefeito e deputado federal Luiz Carlos Busato, que em sua fala expressou sua gratidão e apreço pela vereadora e por todas as homenageadas, destacando a importância de suas contribuições durante os quatro anos de mandato em que trabalharam juntos.

Deputado federal Luiz Carlos Busato - Foto: Bruna Ourique

Deputado federal Luiz Carlos Busato – Foto: Bruna Ourique

Por fim, o prefeito em exercício Nedy de Vargas Marques expressou grande orgulho por retornar à Câmara, onde serviu por seis mandatos, e falou na ocasião de uma homenagem às mulheres.

Prefeito em exercício de Canoas, Nedy de Vargas Marques - Foto: Bruna Ourique

Prefeito em exercício de Canoas, Nedy de Vargas Marques – Foto: Bruna Ourique

A premiação

Instituído em 1997, por decreto legislativo, é conferido anualmente pela Câmara Municipal de Canoas a mulheres que tenham se destacado em sua área de atuação ou meio social. O Prêmio recebeu o nome Picucha Milanez para homenagear Maria Filomena Rumi Milanez, conhecida como “Vó Picucha”, falecida em 1973.

Uruguaia, nascida em Rivera, em 1888, ela estabeleceu residência onde hoje é o município de Canoas, aos sete anos de idade, juntamente com sua mãe. Aos 19 anos, casou-se com Fioravante Milanez. Picucha se destacou na luta pela construção do Hospital Nossa Senhora das Graças e pelo trabalho em favor de crianças carentes.

Homenageadas

Neuza Rufatto foi diretora da Escola Jacob Longoni por 20 anos, promovendo educação de qualidade e melhorias estruturais via Orçamento Participativo. Fundou a ONG MarSeguro após uma tragédia pessoal, visando a segurança no surf. Concorreu a vereadora em 2020, sendo a mulher mais votada de seu partido, e atuou como Subprefeita do quadrante Sudeste de Canoas de 2021 a 2023 – indicação da bancada do PSD.

Vera Siqueira Santos, residente do bairro Rio Branco por 68 anos, tem uma trajetória destacada no engajamento comunitário, servindo como vice-presidente e presidente do Conselho Comunitário, e atualmente liderando a instituição até 2025. Ativa no Terceiro Setor desde 2006, ela contribui como Educadora Social voluntária e já presidiu o Lar da Solidariedade no bairro Guajuviras – indicação da bancada do PL.

Luciane Bertoletti, Delegada Titular da 3ª Delegacia de Polícia Canoas é casada com Vinicius Dal Pizzol e mãe de Manuela e Eduardo. Ocupou importantes cargos gerenciais e diretivos relacionados a grandes eventos como a Copa do Mundo e a Jornada Mundial da Juventude, além de funções estratégicas na Secretaria de Segurança Pública do Estado – indicação da bancada do Partido da Renovação Democrática.

Christiane Costa de Oliveira, conhecida como Professora Maluquinha, tem 30 anos de experiência em alfabetização e lidera, desde 2000, o Projeto Maluquinhos pela Leitura. Recebendo seu apelido de Ziraldo em 2002, ela é contadora de histórias na Secretaria Municipal de Educação de Canoas e trabalha em projetos que incluem educação fiscal e preservação ambiental, sendo criadora da Turminha da Reciclagem, que promove a conscientização sobre a separação de resíduos – indicação da bancada do NOVO.

Maria Rosa Almeida, destacada estilista e costureira de Canoas e ganhadora do Prêmio Costureira Nota 10 pela TV Record, é reconhecida por seu engajamento voluntário como vice-presidente da Associação da Vila Cerne e sua liderança espiritual como Pastora Presidente do Ministério RQ – Ribeiro de Querite – indicação da bancada do Solidariedade.

Gislaini I. dos Santos Zottis, com 36 anos ao serviço público em Canoas, possui formação em Direito e História, tendo atuado como professora municipal, diretora de Escola de Educação Infantil, e Assessora Jurídica na Secretaria de Educação. Expandiu sua contribuição ao município como titular do Escritório Regional da Junta Comercial e membro do conselho fiscal do Canoasprev, além de participar ativamente em iniciativas de desenvolvimento regional e voluntariado comunitário – indicação da bancada do MDB.

Mirian Rodrigues da Silva Soares, com 56 anos de residência no Bairro Rio Branco em Canoas e formação em Teologia, é Pastora da Igreja Pentecostal Jesus O Rei da Glória. Organiza doações e eventos para pessoas em situação de vulnerabilidade social e crianças do bairro, seguindo o legado de seus pais, Presbítero Abilio e Antônia Rodrigues da Silva. Mirian é mãe de Isaac Jorge e Yasmin Luiza – indicação da bancada do Progressistas.

Mônica Ulrich, protetora Independente em 2005, focando na castração e adoção de animais, participou no Orçamento Participativo para melhorias no Bem-Estar Animal e liderou ações contra o uso de carroças e em situações de risco para os animais, como temporais. Contribuiu para a reestruturação da CBEA, desenvolveu projetos educativos nas escolas e colaborou com acadêmicos do UNILASALLE – indicação da bancada do PV.

Amanda Quadros de Oliveira, com 30 anos de voluntariado e destaque na imprensa. Sua trajetória inclui ser eleita Garota Verão e Rainha do Carnaval de Canoas, voluntariado, auxílio significativo durante a enchente de 2015 e a pandemia, e sucesso como digital influencer e colunista, culminando em seu papel atual como apresentadora âncora na Ulbra TV.– indicação da bancada do Avante.

Gisele Uequed, canoense de 43 anos, é advogada, mãe e ex-vice-prefeita de Canoas, com uma trajetória marcada pelo compromisso ambiental e a defesa das pautas femininas. Sua atuação política reflete uma dedicação contínua aos direitos e à sustentabilidade, evidenciando sua paixão e comprometimento com causas sociais – indicação da bancada do PT.

 

 

 

 

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm