Opinião: Coluna Momento Político

jorge

CHICO FRAGA CONDENADO A 18 ANOS DE CADEIA
O ex-secretário municipal teve condenações por lavagem de dinheiro e associação criminosa
A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal (TRF4) julgou, na última semana, recursos de apelação criminal de 11 réus da Operação Solidária e manteve integralmente as sentenças condenatórias proferidas pela Justiça Federal de Porto Alegre.
A Operação Solidária, deflagrada pela Polícia Federal em 2007 e que se baseou em grande parte em denúncias publicadas em primeira mão por O Timoneiro, descobriu uma organização criminosa comandada pelo ex-secretário municipal de Canoas (RS) Francisco José de Oliveira Fraga (Chico Fraga) que, entre os anos de 2000 e 2008, desviou verbas públicas por meio de fraude em procedimentos licitatórios de merenda escolar, obras públicas e do Programa de Saúde da Família do município de Canoas.
Chico Fraga teve confirmadas quatro condenações criminais que somam 18 anos e 11 meses de reclusão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. Ele também terá que devolver três imóveis em Tramandaí (RS), quatro automóveis, e pagar multa a ser calculada na execução da pena. Ainda cabe recurso e Fraga poderá recorrer em liberdade.
Os outros réus são empresários, corretores de imóveis do litoral gaúcho, amigos e familiares de Fraga, que atuaram ajudando o ex-secretário a esconder bens adquiridos com o dinheiro roubado. Todos poderão recorrer.

FUNCIONÁRIOS
Já chega a 16 milhões a dívida que o governo Jairo Jorge (PT) acumula por não pagamento da licença prêmio vencida do funcionalismo municipal. Neste mês de janeiro, com toda essa crise, ninguém recebeu um centavo.
Não se diga que a Prefeitura não tem dinheiro, eis que para as prioridades do Prefeito petista foram gastos 700 mil, no mínimo, nos festejos de Carnaval. Pode ser muito mais, mas como falta transparência no governo, pouca gente tem acesso aos dados.
É bom salientar que o rombo que o governo Jairo Jorge vai deixar, quando transferir o cargo, será, no mínimo, de 1 bilhão e 500 milhões de reais.

ELEIÇÕES
Para garantir a impunidade, e vetar a abertura de processos de investigações, Jairo Jorge propõe, ao candidato que aceitar o seu apoio, que ele quer controlar a Secretaria da Fazenda (para o seu amigo e parceiro, secretário Bósio, continuar) e a Procuradoria-Geral do Município, para que os advogados da Prefeitura estejam a sua disposição para defendê-lo. Quer também a Secretaria de Saúde, para dar vazão ao seu contrato milionário com o teleagendamento, e quer a Secretaria de Comunicação Social para ter a sua disposição as dezenas de jornalistas que serão utilizados na sua próxima campanha.
Até agora apenas a candidata Beth Colombo aceitou, mudou de partido e segue como sendo a “Dilma do Lula”.

AEDES
Canoas continua a perigo. A incompetência e falta de visão do prefeito Jairo Jorge deixa apenas 15 agentes de endemias para o controle do mosquito quando seriam necessários, no mínimo, 144, POIS CANOAS É UMA CIDADE INFECTADA PELO AEDES AEGYPTI.
Faltam recursos para a área da saúde e extra de prevenção, quando sobram para festas, mordomias, viagens internacionais para protegidos do Prefeito, marketing e propaganda.
A calamidade causada pelo zika vírus, pela qual estamos passando, é o alto preço pago pela negligência em relação ao combate ao aedes aegypti nas últimas décadas. Os 220 mil homens das forças armadas já deveriam ter sido colocados para combater o mosquito no país. A proposta recente de colocação de militares da aeronáutica já ajuda a diminuir o problema que, se houvesse técnica administrativa, já teria ocorrido há meses.
No desespero, o secretário da saúde, Marcelo Bósio, irmão do secretário da fazenda, Marcos Bósio, convocou os funcionários para uma tarefa no sábado. Tudo na corrida, sem nenhum planejamento, como se essa não fosse uma das mais poderosas Prefeituras do país. Tudo improvisado e para agradar o marketing e a propaganda.

TRANSPARÊNCIA
Dizem os piadistas que Canoas foi premiada por transparência. Coisa que pouca gente acredita. Enquanto isso, a Fundação Municipal de Saúde não apresenta o salário dos funcionários, suas qualificações, locais de trabalho, nem o organograma funcional.
A Fundação parece uma entidade metafísica, servindo apenas para depósito de cargos em comissão.
Tente acessar no site da Prefeitura e você verá o que é falta de transparência. Ou seja, um governo de faz de conta.

HOMICÍDIOS
Canoas é recordista de homicídios em 2015, suplantada apenas por Porto Alegre.
Canoas passou de 62 homicídios em 2006 para 133 em 2015. Isto mostra que as medidas tomadas pela Prefeitura foram ineficazes. O chamado Território da Paz e as câmeras que regulavam o volume de tiros foram apenas despesas desnecessárias, pois não resultaram em nada.
Enquanto a população, nestes dez anos, cresceu 2%, os homicídios aumentaram em 115%.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here