Prefeitura assina convênio para formação de professores e avaliação de aprendizagem de estudantes

Foto: Divulgação Prefeitura de Nova Santa Rita

O prefeito de Nova Santa Rita, Rodrigo Battistella, assinou na manhã desta quinta-feira, 23, o convênio com a Fundação La Salle que proporcionará a capacitação dos educadores e também avaliação de aprendizagem dos alunos das escolas municipais. O líder do Executivo estava acompanhado da titular da Secretaria de Educação, Maria Rita Feijó.

“É o início da mudança do método de ensino em nossa cidade. É uma iniciativa inédita em 30 anos de emancipação política de nosso município. É o mesmo método utilizado em Sobral, no Ceará, que é referência em Educação para o país”, frisa Battistella. Uma comitiva de Nova Santa Rita esteve no Estado no ano passado, em busca de referências para qualificar o sistema de ensino novasantaritense. “Lá eles fazem avaliação em rede, como faremos de forma pioneira a partir de julho. É a base para identificarmos como está o conhecimento dos nossos estudantes e, a partir de então, melhorarmos o que é necessário”, destaca.

Entusiasta da educação, o prefeito tem como um dos pilares da gestão a busca por métodos que auxiliem a aprendizagem e também qualifique os professores, que são os responsáveis pela transmissão do conhecimento. “Teremos formação para os educadores por anos, de todas as turmas, das iniciais até as finais, incluindo o EJA e os gestores, com cargas horárias diferenciadas, conforme a necessidade”. O investimento é de R$ 580 mil.

A secretária de Educação lembra que antes do recesso escolar, que será da semana do dia 25 até 29 de julho, será aplicada uma prova para os alunos. “A La Salle virá com uma avaliação para saber o nível dos estudantes, que contará com questões de diversos conteúdos. São, pelo menos, três avaliações desde os anos iniciais até o nono ano. Feita para entender como está o processo de aprendizagem, que foi bastante afetado por conta da pandemia”, explica.

Maria Rita pondera que é fundamental ter o conhecimento para que o professor possa planejar o reforço escolar. “Temos crianças com déficit de aprendizagem, que precisamos auxiliar. Ano passado trabalhamos em rede, com apostila, mas em casa. Agora temos o professor em sala de aula e vamos dar todo o suporte nas atividades, queremos que nossas crianças aprendam”. Ela lembra que esse trabalho garantirá um melhor desempenho quando houver aplicação da prova que avalia o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

 Foto: Divulgação Prefeitura de Nova Santa Rita

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here