Castração Tá On: Abertas mais 100 vagas do programa nesta sexta-feira, 7

Foto: Guilherme Pereira/PMP

Quem tem cachorro ou gato pode aproveitar a nova oportunidade de inscrições para a quarta edição do projeto Castração Tá On. Devido a um problema técnico no preenchimento do formulário, ocorrido na manhã desta quinta-feira, 6, a Secretaria Extraordinária dos Direitos dos Animais (SEDA) abriu mais 100 vagas para a castração neste trimestre.

Interessados devem preencher o novo formulário, a partir das 8h desta sexta-feira, 7, no site da Prefeitura de Canoas: canoas.rs.gov.br/castracaocaninosfelinos

Para se inscrever, é necessário incluir RG, CPF, endereço, telefone, e-mail e número do CadÚnico. O projeto Castração Tá On disponibiliza a castração gratuita de cães e gatos de famílias em vulnerabilidade social, cadastradas no CadÚnico. Mesmo com o problema técnico, as 130 vagas previstas nesta quinta-feira (6) foram preenchidas. 20 delas são para o cadastro reserva, que garantem a participação na próxima edição.

A Secretaria Extraordinária dos Direitos dos Animais (SEDA) informa que, para participar, os inscritos devem estar cadastrados no Cadúnico, apresentar renda familiar de até três salários mínimos e residir em Canoas. Cada família pode inscrever até três bichinhos, a partir de 6 meses (um formulário para cada animal), para que mais pessoas também tenham acesso ao serviço de controle populacional de animais.

Após a verificação dos inscritos, a Prefeitura faz contato com os selecionados. No dia agendado, o tutor deve apresentar CPF, RG, comprovante do CadÚnico e comprovante de residência. O animal deve estar em jejum total de 8 horas. O projeto integra o Programa Municipal de Esterilização de Animas de Canoas, que conta com mais quatro projetos e disponibiliza, anualmente, mais de 3 mil castrações.

Mitos e as Verdades sobre a esterilização, conforme a SEDA:

MITOS
1- Castração é algo doloroso?
Não, porque antes do procedimento cirúrgico, ele irá receber uma anestesia e não sentirá dor durante o a castração.

2- O cachorro fica mais agressivo quando é castrado?
Pelo contrário, a castração evita que o cachorro tenha comportamentos violentos e agressivos, que, muitas vezes, acontecem pela necessidade de acasalar ou por instinto territorial. Alguns machos melhoram muito o comportamento depois que são cadastrados.

3- O animal esterilizado engordará?
Não. O que engordará seu cão e seu gato é a falta de atividade física e o excesso de alimentação.

VERDADES
1- A esterilização prolonga a vida do animal?
Ela diminui os problemas de saúde, como câncer de testículo, mama e útero, evita o contágio de outras doenças como a imunodeficiência, leucemia, também impede o cio e a gravidez psicológica.

2- A esterilização é uma forma de prevenir o abandono?
Quanto menos animais nascerem, menos animais estarão sujeitos ao abandono e, de forma gradual, não teremos mais animais nas ruas.

3- Diminui a incidência de brigas?
Quanto menos animais perambulando nas ruas, menor o risco de ocorrerem disputa pelo território, que causam lesões e a até morte do animal.

Orientações para recuperação pós-operatório:
– Depois de passar por procedimento cirúrgico ou tratamento, é normal que o animal não tenha vontade de comer. Tente oferecer alimentos moles (“pastosos”) e água. Se essa situação durar dois ou mais dias, busque atendimento veterinário para nova avaliação.

– A equipe da SEDA destaca que o tutor não deve oferecer medicação diferente da que foi receitada pelo médico-veterinário.

– Se os pontos da cirurgia abrirem ou ocorrer sangramento excessivo (hemorragia), ou se o animal apresentar gengivas brancas, respiração ofegante, dificuldade para caminhar, sentar, ficar de pé, busque atendimento o mais breve possível.

– Mantenha o local da ferida cirúrgica e/ou ferimentos limpos para evitar que moscas pousem e causem miíase (“bicheira”). Caso sejam observados bichos, cortes ou furos no pelo do animal, solicite atendimento imediato à SEDA;

– O animal que passou por procedimento cirúrgico ou está doente deve ser mantido em ambiente seco, abrigado e com temperatura agradável. Bolsas de água quente, aquecedores, garrafas pet com água quente devem ser utilizadas somente no inverno rigoroso e com muito cuidado, pois podem causar queimaduras e hemorragias.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here