Canoas perde empresário Pedro Moshetta

Oriundo de Arcoverde, interior de Carlos Barbosa, o alfaiate Pedro Moschetta faleceu no dia 11 de setembro, em decorrência de uma falência nos rins. O empresário deixou sua esposa Doraci, os filhos Miriam, Marcos e Mauro, as noras Andrea e Deise, genro Chico e os netos Rafaela, Pedro, Helena, Mariana e Manuela.

Pedro expandiu o seu vínculo com Canoas, através da Alfaiataria Arcoverde, comércio o foi inaugurado pelo empresário na década de 70, e hoje é administrado pelo seu filho, Mauro Moschetta. Segundo Mauro, o pai era admirado por muitos, principalmente por ser deficiente auditivo e mesmo assim construir o seu próprio patrimônio. “A loja alcançou um grande público, e por isso somos conhecidos, isso tudo por conta da agilidade e preço baixo. Muitas pessoas já vieram fazer roupa conosco ou pelo menos já ouviram falar de nós. Isso tudo foi o legado que o pai deixou”, concluiu o empresário.

Para Miriam Moschetta, sua filha, o pai era um homem empreendedor, líder nato e um grande incentivador de pessoas, por sempre querer que todas atingissem suas metas e realizassem seus sonhos. “Ele sempre praticou a empatia, ao se colocar no lugar do outro e, por conta disso, sempre foi admirado por seus funcionários, familiares e amigos. Era honesto, autêntico, íntegro e praticava o amor querendo sempre o bem das pessoas”, finalizou a filha.

Pedro foi também colunista de um jornal local de Arcoverde, treinador de futebol e escreveu um livro onde retratou histórias das famílias italianas que colonizaram o Rio Grande do Sul.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here