Recuperação do asfalto já beneficiou 80 km de ruas e avenidas da cidade

A Prefeitura de Canoas anunciou que ainda neste mês prosseguirá com a frente de trabalho para asfaltamento de mais 44 ruas não pavimentadas da cidade. Além disso, a Secretaria Municipal de Obras tem recuperado também a pavimentação de ruas que há décadas não recebiam benfeitorias. Não apenas vias com asfalto antigo, mas também algumas que tinham antigas pavimentações de paralelepípedo, como a Rua Cacilda Becker, que foi asfaltada nesta quinta-feira, 15.

O secretário municipal de Obras, Guilherme Rosa, destacou que a Rua Cacilda Becker recebeu asfalto produzido pela usina municipal, assim como já tem acontecido com outras vias. “Nossa usina de asfalto está em funcionamento e a produção tem sido utilizada para pavimentar ruas na cidade. Um bom exemplo desta utilização é a ligação das ruas Esperança e Armando Fajardo. Era uma obra muito pedida pela população e que foi executada com asfalto produzido por nós”, explicou Guilherme.

De acordo com o vidraceiro Lucas Pires, que mora e trabalha na Rua Cacilda Becker, o asfaltamento foi muito benéfico para quem reside na área. “Olha, o paralelepípedo já é muito ruim para quem tem carro, e em boa parte da rua ele nem existia mais. Como essa rua tem muito fluxo de caminhões, o pavimento antigo e precário já tinha sido destruído há muito tempo. Agora com o asfalto, vai reduzir bastante os gastos com manutenção do veículo, além de que vai parar de entrar poeira nas nossas casas. Fico muito feliz vendo essa obra sendo realizada”, disse o vidraceiro.

As obras de revitalização do asfalto de Canoas, de acordo com o último balanço divulgado pela Prefeitura, já alcançaram 80 km de ruas e avenidas da cidade beneficiadas pelo projeto. As obras se concentram nas principais vias da cidade, aquelas que têm maior fluxo de veículos e que estão com suas pavimentações mais desgastadas, visando trazer mais segurança e fluidez na mobilidade urbana.

Recuperação do asfalto

A Prefeitura de Canoas está aplicando parte do valor do financiamento contraído pela gestão anterior para a implantação de apenas 4 km de aeromóvel em um projeto de mobilidade mais amplo, que beneficia toda a cidade. O valor atualizado, que é de R$ 223 milhões, está sendo investido na recuperação do asfalto das principais vias municipais, entre outras melhorias na cidade. É importante pontuar que o dinheiro obtido através deste financiamento só pode ser utilizado em obras de mobilidade urbana.

No primeiro balanço do ano, em março, quando as obras chegaram a 40 km, já era possível identificar a recuperação de importantes vias, como o viaduto da Avenida Rio Grande do Sul, a Avenida Boqueirão (entre as ruas A. J. Renner e Alexandre de Gusmão), a Avenida Santos Ferreira, a Rua Brasil e a Rua Florianópolis. Agora, depois de mais 40 km pavimentados, entram também na lista outras ruas e avenidas fundamentais, que tiveram sua pavimentação refeita desde março. Dentre elas, estão as ruas Fernando Ferrari, República, Araguaia, Ramiro Barcelos e Saldanha da Gama, assim como as avenidas Farroupilha e Inconfidência.

Além disso, a Boqueirão teve mais um trecho asfaltado. Todo o trecho entre a Avenida Getúlio Vargas e a Rua Liberdade recebeu nova pavimentação, algo que os moradores e comerciantes da área esperavam há mais de 20 anos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here