Olegar Lopes: “Notícias tradicionalistas em quarentena”

Olegar Lopes – Agenda Tradicionalista

Notícias tradicionalistas em quarentena

A quarentena acabou atingindo indistintamente toda a sociedade, causando danos sociais,
profissionais e econômicos, enfim tudo de ruim que ninguém poderia imaginar – é o mal do século que está aí para ser administrado por cada um de nós. Faz exatamente um século que chegou ao Brasil – setembro de 1918, quando minha mãe tinha um ano e meio de idade – “a Gripe Espanhola que dizimou cerca de 300 mil brasileiros, mais de 30 mil no Rio Grande do Sul e mais ou menos 6 mil só em Porto Alegre. Ao contrário da Covid-19, o vírus vitimava apenas jovens saudáveis e não idosos ou pessoas com doenças preexistentes”- CP
31/5/20. Mas, mesmo em tempo de quarentena, surgiram algumas notícias que tem a ver com o tradicionalismo.

Notícias que vem do MTG

As solenidades referentes à geração da Chama Crioula 2020, que seria realizada no próximo mês de agosto em Canguçú, foi transferida para agosto de 2021 no mesmo local. A geração da Chama nesse ano de 2020, devido às medidas sanitárias impostas pela Covid-19, ficará a critério de cada Coordenadoria Regional dentro do seu território.

Também foi escolhido o tema das comemorações farroupilhas 2020: “Gaúchos sem Fronteiras”. Tema justificado pelo fato do gaúcho mudar de querência, seja para outras regiões do Brasil ou para o exterior, nunca esquecendo a cultura, o folclore e as tradições do Rio Grande do Sul. Na mesma ocasião foi escolhido o Patrono das comemorações farroupilhas que, na verdade, será Alessandra Carvalho Motta, natural de Cachoeira do Sul, advogada, Servidora Federal no TRF – 4ª Região, bailarina, professora, avaliadora, coreógrafa, apresentadora, palestrante e pesquisadora. Apesar de sua vasta ficha curricular, confesso meu desconhecimento referente à senhora ou senhorita Alessandra em atividades tradicionalistas, na minha atuação no movimento tradicionalista como patrão, coordenador, conselheiro suplente e titular do Conselho Diretor do MTG, conselheiro da Fundação Cultural Gaúcha e participação em mais de 10 convenções e congressos do MTG, ma…

CTG Brazão do Rio Grande

Dia 17 de junho, quarta-feira, a terceira entidade tradicionalista mais antiga de Canoas em atividade, o CTG Brazão do Rio Grande completou 55 anos de fundação. Parabéns para todos nós, patronagem, associados, dançarinos e aos principais responsáveis pela existência dessa entidade orgulho da cultura gaúcha, os sócios fundadores nas pessoas dos cinco fundadores – dos 15, que ainda estão conosco: Pedro Jaime Tavares de Lima, Avelino do Nascimento Vieira, Nepomucemo Nieto Filho, Carlos Hoerlle e Sérgio Aurélio Fregapani.

Falecimentos

Faleceu sábado dia 13, de morte súbita, o amigo Vilmar Garcia Bueno, que ocupou o cargo de tesoureiro quando fui patrão do CTG Brazão do Rio Grande. O Vilmar deixou a esposa Dauraci (Daurinha) os filhos Enéias, Vinícius, Rafael e Damaris, noras, genro e netos.

Para quem já havia recebido notícia da morte de dois amigos, o amigo e colega de aula no Externato São Luiz (La Salle) nos anos de 1956 até 1958, Carlos Gilberto Fernandes de Vargas e o músico, cantor e compositor, Élio da Rosa Xavier, o conhecido Porca Véia, foram muitos amigo nos deixando num fim de semana.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here