Ruas do Loteamento MQ-4 recebem nomes de lideranças femininas

Em maio deste ano, foi aprovado pela Câmera Municipal de Canoas o projeto de lei proposto pela vereadora Maria Eunice (PT) que denomina seis ruas do Loteamento MQ-4, no bairro Guajuviras. A escolha dos nomes presta homenagem a mulheres que tiveram papel relevante no trabalho comunitário na cidade.

A votação do PL 01/19 foi marcada pela emoção dos familiares das homenageadas, que receberam um certificado com a futura denominação das vias. O processo de definição dos nomes abrangeu a consulta e discussões com a comunidade, o que resultou na escolha de mulheres que tiveram uma trajetória de luta nas áreas da saúde, educação, assistência social e habitacional (ou fruto das ocupações) ou atuação em entidades.

A vereadora Maria Eunice enfatizou que a denominação de ruas é mais do que um ato legislativo, trata-se de uma questão de cidadania. A escolha dos nomes, segundo ela, busca garantir o protagonismo feminino e eternizar o trabalho de mulheres que fizeram a diferença na vida dos canoenses. “Elas transformaram a vida das pessoas nas suas comunidades”, afirmou.

A proposição denomina as ruas 5, 6, 7, 8, 9 e 10, que passam a ter, respectivamente, os seguintes nomes: Terezinha Farias, Tia Isabel Flores, Professora Rejane Varallo Morais, Parteira Maria Martins, Guarda Rosane Aparecida Delazari e Maria da Gloria Silva dos Santos.

Também foi aprovado pela Câmara Municipal, na mesma sessão, o projeto de lei 02/19, apresentado pela vereadora Maria Eunice, que denomina o prolongamento da Avenida Hispânica no MQ-4. Segundo a autora, durante o processo de discussão com a comunidade para a denominação de ruas do loteamento ficou constatado que o trecho do prolongamento da avenida não tinha denominação em lei, o que dificulta para os moradores o recebimento de correspondências.

Em novembro de 2018, a Câmara já havia aprovado projeto de lei de autoria de Maria Eunice, que denominavam as ruas 1, 2, 3, 4 e 12: Rua Angela Maria Lopes, Rua Olívia Cripa Santana, Rua Neusa Teixeira,  Rua Miriam Chevarria e  Rua Dirneide Isabel Goulart, da mesma forma, receberam nomes de mulheres que tiveram uma trajetória de luta no município, completando todas as ruas do Loteamento MQ4.

Garantir cidadania e construir pertencimento ao lugar onde se mora pode produzir politização de um povo, empoderamento da comunidade e compromisso com a coisa pública e com a política, também são tarefas de um legislador.