Canabarro Tróis filho: “Aparências não enganam”


Canabarro Tróis filho
Aparências não enganam

Essa controvérsia, disparada com a acusação de hipocrisia ao ministro Moro, chega a feder ofendendo narizes honestos, acostumados a ambientes saudáveis. Sou testemunha da convivência de juízes e advogados, inclusive opondo-se em ideias isoladas e/ou teses, de algum modo preparando-se para seus confrontos nos processos.

Também conheci pessoas capazes de fingir santidade, e que foram capazes de indignidades. As aparências são como são, elas não enganam. Nós é que nos enganamos adulterando a própria vida.

Bagagem

“Sinto saudade do cãozinho, que sepultei sob a minha calçada, para senti-lo debaixo dos pés, nas idas e voltas de cada dia. Como não ter saudade do meu pai, da minha mãe, dos meus irmãos, do meu filho, todos sepultados longe de mim?’ (Folha de Canoas, 21 de maio 1994).