Acordo garante recursos estaduais para os hospitais canoenses

Foto: Divulgação

Um acordo entre a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) e o Governo do Estado vai manter as verbas da saúde no patamar atual até o final de junho deste ano. Além disso, o corte nas verbas será menor que o previsto originalmente.

A decisão de adiar a entrada em vigor do Programa Assistir foi tomada na tarde desta terça-feira, 8, durante reunião no Palácio Piratini entre o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, o presidente da Granpal, o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, e demais prefeitos da Região Metropolitana com o secretário-chefe da Casa Civil, Artur Lemos, e a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.

O Programa Assistir previa a redução de R$ 205 milhões por ano nos recursos para a saúde das cidades da Grande Porto Alegre a partir de agosto do ano passado. Somente no Hospital Universitário (HU) e no Hospital de Pronto Socorro Prefeito Dr. Marcos Antônio Ronchetti (HPSC) haveria uma perda de R$ 86,63 milhões por ano (veja abaixo como ficariam os valores). Além disso, para o Hospital Nossa Senhora das Graças ficou garantido um acréscimo de R$ 4,96 milhões por ano.

Segundo o prefeito Jairo, a manutenção dos recursos é muito importante, pois, se não fossem pagos, os hospitais deixariam de prestar vários serviços e haveria redução significativa de atendimentos à população. Em relação à redução futura, o prefeito explica que já foi comunicado ao governador que Canoas ampliará os serviços de saúde prestados aos canoenses e para 179 municípios, no caso do HU, e 156 pelo HPS.

Presenças
Também participaram da reunião os prefeitos Luiz Zaffalon, de Gravataí; Volmir Rodrigues, de Sapucaia do Sul; Marcelo Maranata, de Guaíba; André Brito, de Taquari; Ary Vanazzi, de São Leopoldo; além de secretários de saúde de municípios da região.

Hospital Universitário
Valor atual que recebe – R$ 57,65 milhões
Valor proposto pelo Programa Assistir – R$ 13,87 milhões
Perda de recursos – R$ 43,77 milhões

HPSC
Valor atual que recebe – R$ 49,44 milhões
Valor proposto pelo Programa Assisitr – R$ 6,58 milhões
Perda de recursos – R$ 42,85 milhões

Hospital Nossa Senhora das Graças
Valor atual que recebe – R$ 1,88 milhões
Valor proposto pelo Programa Assistir – R$ 6,84 milhões
Ganho de recursos – R$ 4,96 milhões

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here