Patricio alerta para a importância da Educação no Trânsito na infância

O vereador Patricio (PSD), dando continuidade ao trabalho conscientização iniciado no mês de Maio, com o Maio Amarelo, apresenta à população canoense uma nova campanha de campanha de alerta no trânsito. “Sabemos que todos juntos fizemos o trânsito do nosso município. E a educação neste ambiente é suma importância para fazermos um trânsito seguro para todos os canoenses”, pontua o parlamentar.

O Projeto Vereador na escola neste mês de setembro já visitou as escolas EMEF Cirne Lima, EMEF Nelson Paim, EMEF Odete Freitas, EMEF Castelo Branco, EMEF Theodoro e EMEF Paulo VI, sempre em parceria com a direção da escola e representantes da comunidade escolar.

Foram verificados algumas queixas, e imediatamente passados para os setores competentes da Prefeitura. Na ocasião o Departamento de Trânsito e o Secretário de Obras estiveram presentes e levaram as demandas para o estudo de viabilidade e posterior execução.

Outro tema sempre muito atual é a Educação para o trânsito, que foi abordada com muita orientação clara e objetiva e também de forma lúdica. “As crianças sempre se mostram receptivas quando o material é de fácil entendimento e com alguns joguinhos. O que torna o aprendizado algo prazeroso”, acrescenta Patricio.

Segundo o vereador, “através da nossa campanha, queremos salientar o quanto a educação no trânsito dentro das escolas pode ajudar na formação de cidadãos mais conscientes e preparados para enfrentar a vida e o trânsito. Minha iniciativa, junto de minha equipe, visa contribuir na construção de valores e no respeito com o próximo para a proteção da vida, que é o nosso bem maior. É importante frisar que a educação do trânsito nas escolas auxilia também na compreensão da criança em relação aos elementos e as situações vivenciadas no dia a dia”.

Para levar a população canoense informação e conscientização sobre esse tema, Patricio aborda de forma lúdica assuntos como o uso do cinto de segurança, a utilização da faixa de segurança e uso indevido do celular no trânsito. Pois, segundo ele, a educação no trânsito não se limita apenas a ensinar regras de circulação, mas também devemos contribuir um com os outros para formarmos cidadãos responsáveis, autônomos, comprometidos com a preservação da vida.

De acordo com o parlamentar, é uma ação de conscientização que engloba filhos, pais e responsáveis. “Isso é o bacana, fazer um círculo de ajuda mútua! Afinal, estamos sempre juntos em busca de construir o futuro com conhecimento e trabalho!”, conclui.