Canoas tem todos os leitos UTI Covid ocupados

A Prefeitura de Canoas informou nesta quarta-feira, 9, que a cidade registrou, nas últimas 24 horas, a morte de dois homens, com 57 e 23 anos, e três mulheres, com 87, 86, e 62 anos, em decorrência do novo coronavírus. Na ocasião, como vem acontecendo desde o início das mortes ocasionadas pela pandemia na cidade, a Prefeitura expressou pesar aos familiares e amigos das vítimas.

Bandeira vermelha

Recentemente o governador do Estado Eduardo Leite reforçou a urgência no cumprimento das medidas de distanciamento social e cuidados com as normas da vigilância sanitárias. Logo após o período eleitoral, centenas de casos votaram a ser notificados pelas secretarias de saúde do Brasil e os números divulgados voltaram a alarmar.

Com isso, uma nova classificação deixou praticamente todo o Rio Grande do Sul na bandeira vermelha do distanciamento controlado, e um novo decreto restringiu novamente as regras para o comércio, idas a parques e praias e as cidades voltaram a ficar mais vazias, mesmo com a proximidade das festividades do final de ano, que devem ter uma alta significativa nas vendas online.

Diferente do que vinha acontecendo nas classificações das bandeiras no Estado, desta vez, não foi aberta a possibilidade de renegociação, com pedidos dos prefeitos municipais, devidamente argumentados com dados das suas secretarias de saúde, para que a cor da bandeira, e suas restrições, fossem alteradas.

Números do coronavírus em Canoas até o momento

– Negativados: 33.493

– Recuperados: 11.758

– Confirmados: 14.070

– Óbitos: 402

– Total de leitos em UTI: 100

– Leitos em UTI ocupados: 86%

– Total de leitos Covid-19: 50

– Leitos de UTI Covid-19 ocupados: 100%

Aumento dos casos

Apesar das inúmeras campanhas e da perspectiva de segunda onda já anunciadas pelos especialistas, as pessoas cansaram do isolamento e voltaram a manter o contato físico, relaxamento das medidas que pode ser a resposta para a enorme quantidade de novos infectados pela doença. Abaixo, reforçando a importância das normas sanitárias e de distanciamento social, listamos novamente os sintomas que podem ser indicadores do contágio do vírus que já matou mais de 178 mil brasileiros e 1.572.565 de pessoas em todo o mundo.

Fique atento

A Covid-19 afeta diferentes pessoas de diferentes maneiras. A maioria das pessoas infectadas apresentará sintomas leves a moderados da doença e não precisarão ser hospitalizadas.

Sintomas mais comuns:

– febre
– tosse seca
– cansaço

Sintomas menos comuns:

– dores e desconfortos
– dor de garganta
– diarreia
– conjuntivite
– dor de cabeça
– perda de paladar ou olfato
– erupção cutânea na pele ou descoloração dos dedos das mãos ou dos pés

Sintomas graves:

– dificuldade de respirar ou falta de ar
– dor ou pressão no peito
– perda de fala ou movimento

Procure atendimento médico imediato se tiver sintomas graves. Sempre ligue antes de ir ao médico ou posto de saúde, clínicas ou hospitais.

Pessoas saudáveis que apresentarem os sintomas leves devem acompanhar seus sintomas em casa.

Em média, os sintomas aparecem após 5 ou 6 dias depois de ser infectado com o vírus. Porém, isso pode levar até 14 dias.

Evite visitar pessoas idosas ou de grupo de risco. Fiquei em casa se puder, e se não, use máscara o tempo todo e use álcool em gel.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here