Jorge Uequed: “Nós do Timoneiro sabemos que 54 anos só foram possíveis pelo Tonito”

Jorge Uequed – Momento Político

Faleceu Tonito

Canoas perdeu ontem, dia 22 de outubro, um dos seus mais honrados, competentes e dignos cidadãos: Antônio Canabarro Tróis filho, que faleceu aos 93 anos de idade, no Gracinha.

Este meu amigo, que deixou para a cidade um exemplo de sua competência e honra, foi um dos criadores da Associação Beneficente de Canoas (ABC), que construiu o Hospital Nossa Senhora das Graças, onde ele ficou por muitos e muitos anos como membro do Conselho Deliberativo.

Todos o conheciam pelo codinome Tonito. Escritor, autor de vários livros, fundador e idealizador do nosso jornal Timoneiro e participante da elaboração de outros jornais, revistas e rádios da cidade. Tonito também exerceu a função de vereador em Canoas, e foi destaque por sua atuação. Tive o prazer e a honra de ser seu amigo, e de ter como consultor, parceiro das lutas da vida democrática.

Nós que estamos no Timoneiro sabemos que nesses 54 anos de atividade, o jornal só existe pela dedicação, orientação e preparação do Tonito.

Quem leu os artigos e livros escritos por ele, fica consciente da responsabilidade de um homem de bem e de alguém bem intencionado, que propôs os melhores caminhos aos seres humanos e respeito por todos.

Dona Ivone

Canoas também perdeu nesta semana a minha amiga Ivone Ritter Longhi, esposa do maestro Longhi. Ivone teve uma vida dedicada a obras sociais e ao exercício da Livraria Canoas, que dá à cidade uma boa programação intelectual.

Ela deixou uma marca profunda de dedicação, respeito e amor por seus semelhantes.

Nelma Daniel

Faleceu nesta semana, vítima do coronavírus, minha amiga Nelma, que conheci deste a época de solteira e do seu namoro com Ernani Daniel.

Por concurso público, foi funcionária da Prefeitura de Canoas e sempre esteve à disposição das atividades de proteção social aos mais necessitados. Seu esposo, o advogado Ernani Daniel, consta na lista dos candidatos a prefeito do próximo pleito.

Gracinha clama por auxílio

A comunidade canoense há mais de meio século, deu um exemplo maravilhoso de organização e de busca de bons caminhos coletivos. Criou a Associação Beneficente de Canoas (ABC), que, em seguida, construiu e fundou, com recursos da coletividade, o Hospital Nossa Senhora das Graças, que é um o apoiador permanente das necessidades do nosso povo.

Mesmo com as piores crises financeiras e com a falta de recursos, o Gracinha nunca fechou as suas portas e nunca deixou de atender a comunidade.

Num momento crítico em 1998, quando as falta de recursos ameaçava seu funcionamento, o prefeito Hugo Lagranha determinou a intervenção no funcionamento do hospital, nomeou dirigentes, alocou recursos, e buscou ajuda financeira federal, para assim continuar os atendimentos. Durante seis meses a prefeitura gerenciou o Gracinha e depois devolveu à ABC. Foi louvável a atitude.

Nos dias de hoje, a crise causada pela pandemia e pela falta de recurso está causando problema de sobrevivência ao Gracinha. Já faz anos que as necessidades são maiores que os recursos. No último ano a ABC contratou a Associação São Miguel para dirigir o hospital, não foi bem, e agora estabeleceram o final do contrato para o fim desde ano com uma comissão.

Mas a crise aumentou muito, e os dirigentes da empresa contratada anunciaram que fechariam, dentro de 30 dias, a emergência do hospital.

Isto causou um tumulto na sociedade. Médicos e funcionários com salários atrasados e fornecedores ameaçando deixar de fornecer por falta de pagamento.

Seguindo o exemplo deixado pelo prefeito Lagranha, o senhor Luis Carlos Busato, atual prefeito de Canoas, determinou a intervenção da prefeitura para dirigir o Gracinha, com o propósito de alavancar os serviços financeiros, nomear dirigentes, buscar apoio dos governos federal e estadual, e não permitir que a emergência pare de atuar.

Louvável atitude, na época do prefeito Lagranha, e agora do prefeito Busato.

A Câmara de Vereadores aprovou uma suplementação de verbas para atender o Gracinha. E o líder do governo, Juarez Hoy, apresentou aos colegas a decisão do prefeito em realizar a intervenção.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here