Covid-19: Próximo a reabrir comércio, Canoas registra confirma mais casos

O novo balanço da Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, divulgado no fim tarde desta quinta-feira, 30, aponta que o município Canoas tem 28 casos confirmados do novo coronavírus. Ainda não há detalhes sobre os novos pacientes.

Abertura do Comércio

Em coletiva realizada na tarde desta quinta-feira, 30, o governador Eduardo Leite anunciou os critérios do “Distanciamento Controlado”, que passa a valer no dia 6 de maio. Para que este controle seja feito, o Rio Grande do Sul foi dividido em vinte regiões territoriais e doze setores econômicos.

Com um sistema de classificação em bandeiras amarela, laranja, vermelha e preta, o modelo irá indicar o que poderá voltar a funcionar e o que se manterá fechado dentre as atividades econômicas. O Palácio Piratini anunciou os critérios de classificação, que levam em conta a velocidade de propagação do vírus versus a capacidade de atendimento em UTI nas regiões, mas a devida classificação de cada uma das atividades econômicas, com a definição específica sobre o que se mantém fechado e o que abre, ainda está sob discussão, inclusive com entidades de classe.

Autonomia a prefeitos da Região Metropolitana

O decreto transitório trouxe como principal mudança a liberação para que prefeitos da Região Metropolitana de Porto Alegre decidam e autorizem, se assim entenderem, a reabertura do comércio nas suas cidades. Isso ocorreu porque, dentro do sistema de pesos e contrapesos do distanciamento controlado, Porto Alegre e região estão na bandeira laranja, o que permite algumas flexibilizações.


O que disse Busato

O prefeito de Canoas, após divulgação do novo decreto, divulgou em sua conta no Twitter, a seguinte nota:

“Canoas publicará amanhã seu decreto de reabertura do comércio. Esta retomada vem sendo construída há um bom tempo e foi autorizada hoje pelo governador. Junto com o decreto, informaremos todas as regras de segurança para um retorno responsável. Cuidar da vida, cuidar do emprego”.