Uso de canabidiol é debatido em Grande Expediente

Na sessão de terça-feira, 30, em espaço proposto pelo vereador Ivo Fiorotti (PT), o Grande Expediente recebeu a família da menina Caroline, de 9 anos, portadora da Síndrome de Dravet, que recebeu da Justiça de Canoas o direito de plantar e cultivar Cannabis sativa, planta que dá origem à maconha, para produzir de forma caseira o óleo canabidiol, medicamento feito à base da planta.

Na ocasião, os vereadores aprovaram uma moção que será encaminhada à Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, pedindo para agilizar a tramitação e votação do Projeto de Lei do Senado 514/2017. A proposição altera o art. 28 da Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006, para descriminalizar o cultivo da Cannabis sativa para uso pessoal terapêutico.