Dia da Consciência Negra é celebrado neste dia 20 de novembro

Nesta sexta-feira, 20 de novembro, é celebrado oficialmente, como em todos os anos desde 2011, o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, instituído através da Lei nº 12.519. A data faz referência à morte de Zumbi, o então líder do Quilombo dos Palmares, morto em 10 de novembro de 1695, por bandeirantes liderados por Domingos Jorge Velho.

A luta do povo negro vem sendo debatida com mais força nestes últimos anos em todo o mundo, tendo seu ápice em 2020, com diversos debates, manifestações e até com reflexos nas eleições para a presidência dos EUA e as recentes municipais no Brasil, nas quais foram eleitos inúmeros candidatos negros e que defendem os direitos da população negra.

Shows virtuais

Na Semana da Consciência Negra deste ano, em razão da pandemia do coronavírus, as comemorações serão virtuais. Nesta sexta-feira, às 20h, a banda AfroEntes esquenta a programação do  Festival da Música Negra Zilah Machado, promovido pela  Coordenação de Música da Prefeitura  de Porto Alegre, em comemoração ao Dia da Consciência Negra. A transmissão do show será pelo Facebook da Coordenação de Música: www.facebook.com/coordmusica/. No sábado, dia 21 de novembro, às 21h, o AfroEntes estará na Virada Sustentável, com sua musicalidade que reforça a causa do combate ao racismo. A  transmissão será pelo link: www.viradasustentavel.org.br/negritude-na-virada.

Com temas dançantes, reflexivos e afirmativos e um repertório composto, basicamente, por canções autorais, o AfroEntes mescla a tradição de matriz africana com a sonoridade contemporânea. É formado por Nina Fola (voz e percussão), Nilson Tòkunbò (baixo, cavaquinho, vocais) e Eduardo Pacheco (percussão).

Um dos propósitos do AfroEntes é contribuir para a visibilidade da representação negra no cenário cultural gaúcho. Para tanto, busca elementos da presença afro, onde ela se encontra. São metas individuais e coletivas do AfroEntes a afirmação da positividade do legado do povo negro e a sua real importância na construção cultural e artística gaúcha, brasileira e mundial.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here