Conecte-se conosco

header-top



 




 

15/04/2024
 

Geral

Mutirão de limpeza começa nas escolas municipais

Redação

Publicado

em

Uma força-tarefa procura deixar as escolas canoenses em condições para a volta às aulas. Na segunda-feira, 5, iniciou-se uma série de atividades que envolve equipes das secretarias da Educação, Serviços Urbanos e Meio Ambiente, subprefeituras, Defesa Civil e Corpo de Bombeiros. Dentre os trabalhos feitos pelas equipes estão roçadas, poda de árvores e retirada de entulho dos pátios e entorno das escolas.

No ato da matrícula da pequena Mariah, 9 meses, na Emei Gilda Schiavon, no bairro Rio Branco, Fernanda Rodrigues Aguirre estava otimista. Ela espera que possa ser feita a recuperação total do espaço para receber as filhas no dia 19 de fevereiro, quando começam as aulas. A mais velha, Helena, também estuda lá. A instituição, uma das mais atingidas pelo temporal que ocorreu em 16 de janeiro, foi uma das primeiras visitadas pelas equipes.

Com 198 crianças, a instituição teve a rede elétrica danificada devido à queda de uma árvore de grande porte. O incidente também destruiu o muro de entrada da escola. Para a diretora Natália Crippa, a resposta da prefeitura foi rápida. “Hoje pela manhã, a equipe já estava aqui fazendo a limpeza, retirando os entulhos e a árvore”, afirmou.

Outra obra muito aguardada pela comunidade da Emei Gilda Schiavon é a reforma de quatro salas modulares no local. Há cinco anos, os espaços sofrem com alagamentos causados pelas chuvas. Apesar dos problemas, as matrículas continuam sendo feitas, mesmo que de forma manual. A previsão é de que a luz retorne ainda esta semana para o começo das obras.

Outra escola que sofreu danos foi a EMEF Guajuviras. Com 1.010 alunos em 37 turmas do 1º ao 9º ano, a escola teve quatro prédios atingidos, mais de 100 telhas arrancadas e cinco árvores caídas, além de rede elétrica atingida. O processo de inscrição, porém, ocorre normalmente.

A ação da prefeitura começou na semana passada, quando fez o levantamento e orçamento de tudo o que a escola precisaria. Nesta segunda-feira, as telhas já tinham chegado. O diretor Alex Totti Soares considera a ação de suma importância. “A resposta é boa porque a gente precisa ter apoio. É importante um orçamento rápido e reposição de material com rapidez”, avalia.

De acordo com a secretária de Educação, Leany Maria de Conti, a força-tarefa contribui para a agilidade no processo, pois reuniu diferentes órgãos em um único objetivo. A titular da pasta explica que os trabalhos começaram pelas instituições que estão com danos mais graves. “Estou muito tranquila. Dia 19 receberemos todos os alunos com as escolas prontas”, garante.

Geral

III Seminário Municipal do Autismo está programado para dia 26 de abril em Canoas

Redação

Publicado

em

III Seminário Municipal do Autismo está programado para dia 26 de abril em Canoas

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) será pauta mais uma vez em Canoas. No dia 26 de abril, a Secretaria Municipal de Educação (SME) promove o III Seminário Municipal do Autismo: Características Diagnósticas, Aprendizagem e Desenvolvimento.

A participação no evento é específica para professores da rede municipal, escolas credenciadas e instituições conveniadas e credenciadas à Prefeitura. As inscrições podem ser feitas através deste link.

O seminário tem como objetivo discutir questões relacionadas ao autismo e promover a inclusão escolar das pessoas com TEA.

O primeiro Seminário Municipal do Autismo foi realizado em 2019, como uma iniciativa dos Centros de Capacitação, Educação Inclusiva e Acessibilidade (CEIAs) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Unidade de Inclusão).

Abril Azul

O evento é alusivo ao Abril Azul, estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) como Mês da Conscientização sobre Autismo. Participam do seminário: Bruna Cunha, neurologista Infantil e palestrante sobre os Transtornos do Neurodesenvolvimento, e a psicóloga e analista de comportamento Bárbara Paulon Puerari.

A mediação será feita pelo chefe da Unidade de Inclusão da SME, Cleber Melo da Silva.

 

Continuar a ler

Geral

Prefeitura de Esteio lança programa Apadrinhamento Afetivo

Redação

Publicado

em

O programa Apadrinhamento Afetivo Esteio teve seu lançamento oficial na quarta-feira, 11, no Salão Nobre da prefeitura. A iniciativa visa romper com o círculo do abandono e violência para a convivência familiar para pessoas entre oito e 17 anos que foram retiradas da guarda dos pais, por maus tratos, por exemplo, e que são atendidas no Abrigo Construindo Novos Sonhos e no lar mantido pela Associação Beneficente Floresta Imperial (Abefi).

O programa tem parceria com o Juizado da Infância e Juventude de Esteio. O Termo de Cooperação que formalizou o Apadrinhamento Afetivo foi assinado pelo prefeito Leonardo Pascoal e pelo juiz da 2° Vara Cível da Comarca de Esteio, Mário Gonçalves Pereira.

Em sua fala, Pascoal reforçou a importância da empatia com o próximo e pediu esforços à comunidade na busca de padrinhos. “Imagine nós termos uma vida sem família, sem afeto e sem amor daqueles que, por obrigação, deveriam nos amar. É um exercício difícil nos vermos nessa situação”, comentou.

A titular da Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos de Esteio, Cristiane Franco, apresentou o programa. A secretária destacou que uma das etapas mais importantes será a preparação dos padrinhos. “É preciso reforçar a exigência de um ambiente familiar receptivo e adequado, porque nós não vamos tirar a criança de um espaço que ela já esteve em sofrimento para colocar em outro”, ressaltou.

Requisitos para apadrinhar

  • Ter idade mínima de 18 anos, respeitando a diferença de 10 anos entre ambos, conforme recomenda o Estatuto da Criança e do Adolescente
  • Ter interesse e disponibilidade em oferecer cuidado e afeto para a criança ou adolescente no mínimo duas vezes por mês
  • Apresentar disponibilidade e ambiente familiar adequado e receptivo ao apadrinhamento
  • Apresentar documentação solicitada (informadas e entregues no decorrer das oficinas)
  • Cumprir com os combinados preestabelecidos com o abrigo e o/a afilhado/a, como visitas, horários e compromissos
  • Cumprir com os demais compromissos firmados por ocasião do apadrinhamento da criança ou adolescentes selecionadas
  • Em caso de desligamento do/a afilhado/a, acompanhá-lo/a e apoiá-lo/a em sua vida fora do abrigo (por ocasião da maioridade)
  • Esclarecer ao afilhado constantemente qual o objetivo do apadrinhamento evitando a ilusão de adoção
  • Não fazer parte do cadastro de adoção do Juizado da Infância e Juventude
  • Não possuir demanda judicial envolvendo criança e adolescente
  • Participar de todas as oficinas de sensibilização
  • Comparecer a entrevista psicológica
  • Prestar assistência moral, afetiva física e educacional ao afilhado (a), integrando-o(a) em seu convívio, gradativamente, complementando o trabalho institucional do abrigo

Etapas para se candidatar a apadrinhamento

  1. Realizar inscrição através de formulário eletrônico
  2. Participar de cinco oficinas, sendo a primeira de esclarecimento
  3. Manifestar interesse de permanência no Programa
  4. Entregar documentação solicitada
  5. Passar por entrevista psicológica

Participam do apadrinhamento somente pessoas de oito a 17 anos, e o apadrinhamento é individual (uma por família). Em hipótese alguma o padrinho poderá levar o afilhado para sua casa ou passeios em família antes de possuir o termo de responsabilidade expedido pelo judiciário

Mês da Empatia

O mês de abril está sendo repleto de atividades voltadas aos moradores que necessitam de um olhar especial e ações de cuidado. O Gabinete da Primeira-Dama criou o Mês da Empatia. As ações do programa serão voltadas às gestantes, idosos, crianças, adolescentes, pessoas em situação de rua, imigrantes e refugiados.

A primeira atividade da programação foi realizada na sexta-feira, 5, no Salão Nobre da Prefeitura, onde foram entregues kits de enxoval do Programa Mãe Gaúcha, projeto do governo estadual para as gestantes que estão ou passaram da 28ª semana de gestação. No kit, estão materiais necessários para as mamães receberem seu bebê, com bolsa, um cobertor, dois macacões curtos, dois macacões longos, duas unidades de baby body, dois coletes, um casaquinho com capuz, uma toalha com capuz e quatro pares de meia – dois para recém-nascidos, um par para o bebê de seis meses a um ano e outro de seis meses a quatro anos.

Programação

  • Segunda-feira (15) e dias 22 e 29 de abril: Das 18h às 21h – Ação Rua (Abordagens sociais)
  • Segunda-feira (15): 10h – Lançamento da segunda fase do EsteioTec, no Salão Nobre da Prefeitura
  • Terça-feira (16): 9h às 17h – Feirão de empregos, no Espaço Oliveira Silveira (Rua Coberta)
  • Quinta-feira (18): 14h – Lançamento da Campanha do Agasalho, no Salão Nobre da Prefeitura
  • 20 de abril: 14h às 18h – Ação Meu Novo Amigo Pet, no Parque Galvany Guedes
  • 22 de abril: 16h às 20h – Balada da Inclusão, no Parque Galvany Guedes
  • 24 de abril: 14h às 17h – Baile da Empatia Idade de Ouro, no Parque Galvany Guedes
  • 25 de abril: 10h – Lançamento do Programa Mulher + Segura, no Salão Nobre da Prefeitura
  • 27 de abril: 9h – Seminário Diário Azul – Uma Jornada através do Autismo, no Salão Nobre da Prefeitura
  • 30 de abril: Das 9h às 16h – Acolhendo com empatia Imigrantes e Refugiados, no Salão Nobre da Prefeitura
Continuar a ler

Geral

Prefeitura na Rua deste sábado ocorre no bairro Niterói

Redação

Publicado

em

Mais uma edição do Prefeitura na Rua ocorre neste sábado, 13. O atendimento aos canoenses acontece a partir das 9h, na Praça Dona Mocinha, no bairro Niterói. A tradicional ferramenta de participação é uma oportunidade para os moradores levarem suas demandas e sugestões para o prefeito Jairo Jorge, os secretários municipais e a subprefeita da região.

O Prefeitura na Rua é uma iniciativa semanal em todos os quadrantes da cidade, sempre aos sábados, com estruturas da administração municipal. Para ser atendida, a pessoa deve apresentar documento com foto e CPF.

Dia D da vacinação

O sábado também marca o Dia D da vacinação contra a gripe. Os canoenses que participarem do Prefeitura na Rua podem realizar a imunização contra a influenza e atualizar todas as pendências do calendário vacinal na VANcina, que estará no local durante o evento. Todas as unidades de saúde da cidade também estarão abertas, das 8h às 17h.

Confira os serviços disponíveis neste sábado:

  • CadÚnico: A Secretaria de Assistência Social (SMAS) irá realizar a atualização do CadÚnico e novos cadastros. Também será possível solicitar a segunda via de certidão de nascimento, casamento ou óbito, de forma gratuita, além de tirar dúvidas sobre os programas sociais.
  • Cadastros para castração: A Secretaria Municipal de Bem-Estar Animal (SMBEA) estará no local realizando o cadastro das pessoas que têm interesse em castrar seus animaizinhos. Podem ser feitas até cinco solicitações por pessoa.
  • Canoas Recicla com a Gente: Educadores ambientais das oito cooperativas de reciclagem de Canoas estarão orientando as pessoas sobre a correta separação dos resíduos e realizando a coleta de eletroeletrônicos.
  • Defesa Civil: A Defesa Civil realizará doação de roupas e calçados, masculino, feminino e infantil. Também terá arrecadação de doações e exposição de equipamentos para sanar dúvidas da população sobre a atuação do órgão.
  • Mudas de plantas: Distribuição de mudas de árvores nativas e frutíferas, limitadas a uma por pessoa, pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA).
  • Procon: Orientações oferecidas aos consumidores pelo Procon Canoas.
  • VANcina: A unidade móvel da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) vai ofertar a vacinação e demais serviços de saúde.
Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm