Conecte-se conosco

header-top






 

18/06/2024
 

Geral

UniRitter conquista prêmio por capacitação tecnológica gratuita para jovens de famílias de baixa renda

Redação

Publicado

em

UniRitter conquista prêmio por capacitação tecnológica gratuita para jovens de famílias de baixa renda

O Jovem Tech – projeto da UniRitter de capacitação tecnológica gratuita para jovens de famílias de baixa renda – conquistou a primeira colocação na categoria Ações Junto à Comunidade do 3º Prêmio Inovação no Ensino Superior,

A premiação, realizada pelo Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior no Estado de São Paulo (Semesp), ocorreu na sexta-feira, 20, logo após o encerramento da votação online aberta ao público.

Desenvolvido em parceria com a Prefeitura Municipal e o Parque Canoas de Inovação (PCI), por meio das empresas Exatron, Novus e TKS, o Jovem Tech Canoas – assim como as edições dos campi FAPA e Zona Sul – tem como característica os incentivos à cultura de inovação e à capacitação inicial em Tecnologia da Informação.

Na modalidade em que a UniRitter concorreu, foram avaliadas experiências inovadoras de reconhecido impacto para a resolução de problemas reais da sociedade e o uso da inovação para curricularização da Extensão Universitária.

O Prêmio Inovação no Ensino Superior visa estimular o desenvolvimento de experiências inovadoras em metodologias educacionais e em gestão educacional e de cursos nas instituições de ensino superior e mobilizá-las para tornar essas experiências públicas, com reconhecimento e premiação às Instituições de Ensino Superior (IES), aos professores e gestores educacionais pelos resultados obtidos.

Sobre o Jovem Tech Canoas

UniRitter conquista prêmio por capacitação tecnológica gratuita para jovens de famílias de baixa renda

Turma em aula

A qualificação busca profissionalizar estudantes de baixa renda interessados na área de Tecnologia da Informação.

A primeira turma do projeto no município conta com 35 estudantes, de 17 a 23 anos, matriculados na rede pública de ensino e selecionados pela Secretaria Municipal de Educação.

Durante o primeiro módulo, dividido em 24 encontros até dezembro, os estudantes recebem conhecimentos teóricos e práticos diretamente nos laboratórios da UniRitter.

Ministradas por alunos do curso de TI da UniRitter, com a supervisão de docentes da instituição, as aulas abordam questões próprias da tecnologia, do universo digital e do pensamento computacional.

Meio Ambiente

Entenda fenômeno que destelhou milhares de residências em São Luiz Gonzaga

Redação

Publicado

em

Entenda fenômeno que destelhou milhares de residências em São Luiz Gonzaga

No sábado, 15, por volta de 22h30, ocorreu, na cidade de São Luiz Gonzaga, um fenômeno classificado pela Sala de Situação do Estado como uma microexplosão, decorrente de uma intensa instabilidade associada a uma frente-fria estacionária, juntamente com o fluxo de umidade do norte do país.

A Defesa Civil do Estado deslocou uma equipe até a cidade no início da madrugada de domingo para apoiar a administração municipal.

De acordo com o levantamento da prefeitura, cerca de 1200 residências, quatro escolas, dois postos de saúde, o prédio da Secretaria municipal da Saúde, o Museu Arqueológico e diversos estabelecimentos comerciais foram destelhados por ventos fortes e queda de granizo.

Microexplosão

Além da Defesa Civil estadual e municipal, atuam na cidade guarnições da Brigada Militar, Corpo de Bombeiros Militar e equipes da administração municipal. A microexplosão trata-se de um fenômeno que pode ocorrer quando existem tempestades intensas com muitas descargas elétricas, granizo e muita água na sua base.

Quando a nuvem não suporta mais a quantidade de água, ela “despeja” toda essa quantidade significativa de chuva em direção ao solo, fazendo com que ocorra muita precipitação em pouco tempo, geralmente sendo acompanhada de rajadas de vento que podem chegar a 150km por hora.

Levando-se em conta o tipo de danos ocorridos na cidade de São Luiz Gonzaga, e as imagens captadas do local pela Brigada Militar (14°BPM), a Sala de Situação do RS concluiu que foi um fenômeno dessa natureza que ocorreu na cidade.

 

Continuar a ler

Geral

Estado inicia castração de animais vítimas da enchente

Redação

Publicado

em

O cão Costela, que foi vítima da enchente em Canoas, se tornou o primeiro animal atendido pelo governo do Estado por meio da Ação de Castração do Programa de Controle Ético Populacional.

Os procedimentos, que podem chegar a cerca de 20 mil, iniciaram-se na tarde da sexta-feira, 14, no Hospital Veterinário da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre.

O foco da medida é o controle da população de animais, reduzindo a natalidade de maneira respeitosa, sem comprometer os direitos e o bem-estar deles. Além das castrações, os animais recebem microchips contendo um número único de identificação.

As próximas etapas das castrações ocorrerão em parcerias com as universidades Feevale, UniRitter e Luterana do Brasil (Ulbra), contemplando as cidades de Canoas, Guaíba, Eldorado do Sul e São Leopoldo.

Continuar a ler

Geral

Mutirão de serviços e documentação gratuita à população do RS começa hoje

Redação

Publicado

em

Mutirão de serviços e documentação gratuita à população do RS começa hoje

O governo do Estado realiza, ao lado de 40 instituições, um mutirão chamado Central Cidadania, para emitir documentos e disponibilizar diversos serviços gratuitos à população. Todos estarão reunidos no mesmo local para atender, prioritariamente, à população desabrigada ou em situação de vulnerabilidade.

A primeira edição do Central Cidadania ocorrerá entre esta segunda-feira, 17, e domingo, 23, das 13h às 18h, no estacionamento do Shopping Total, em Porto Alegre. Posteriormente, o mutirão deverá ser realizado em outras cidades do Estado.

Como vai funcionar

As entidades terão guichês no local e realizarão consulta e emissão de segundas vias de certidões de nascimento e casamento, de carteira de identidade, do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), entre outros documentos. Além disso, serão prestados serviços de perícia médica e de orientação jurídica.

“Nosso objetivo é que as pessoas que perderam seus documentos por causa das enchentes saiam do mutirão com tudo feito ou encaminhado. Visamos proporcionar o melhor atendimento, com rapidez, conforto e segurança”, explicou o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Fabricio Peruchin.

Durante a ação, a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional (Metroplan) colocará em circulação ônibus que farão o transporte gratuito diretamente dos abrigos da Região Metropolitana para o Shopping Total.

A grade de horários está disponível neste link.

Segundo a diretora do Departamento de Justiça, Viviane Viegas, a iniciativa nasceu em um grande trabalho entre poderes.

“Essa articulação envolveu muitos parceiros, foi sem dúvidas uma tarefa que exigiu a participação de muitas mãos. Queremos facilitar o acesso da população à documentação civil básica, principalmente, nesse momento de calamidade em que muitas pessoas perderam seus documentos”, afirmou.

Estão listados a seguir os serviços que estarão disponíveis de 17 a 23 de junho, das 13h às 18h, no estacionamento do Shopping Total, em Porto Alegre.

Registro de Imóveis: segundas vias de matrículas de imóveis;

Registro Civil de Pessoas Naturais: segundas vias de certidões de nascimento, casamento e óbito;

Receita Federal: serviços de CPF;

Departamento de Trânsito do Rio Grande Sul (DetranRS): segundas vias de CNH;

Instituto Geral de Perícias: reimpressão da carteira de identidade;

Polícia Federal: informações a respeito de documentação de migrantes;

Agência da ONU para Refugiados (Acnur): orientações para refugiados, solicitantes de refúgio e migrantes;

Organização Internacional para as Migrações (OIM): atendimento especializado multilíngue, informações e orientações sobre documentação para migrantes e processos de regularização migratória;

Secretaria de Justiça, Cidadania e Diretos Humanos: informações gerais sobre acesso aos Direitos Humanos, como o serviço de orientações e denúncias pelo Departamento de Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon RS);

Secretaria de Desenvolvimento Social: orientações sobre os programas sociais do governo do Estado;

Justiça Itinerante Emergencial: ajuizamento de Ações do Juizado Especial Cível e Fazendário, segundas vias de termos de guarda, curatela e tutela, encaminhamento de novos pedidos de guarda, curatela e tutela e informações processuais;

Tribunal de Justiça Militar: informações, orientações, esclarecimentos, queixas e denúncias;

Coordenadoria Estadual da Infância e Juventude: orientação na área da infância;

Ministério Público estadual: atendimento ao público para as demandas do MPRS;

Defensoria Pública do Estado: orientação jurídica integral e gratuita nas áreas cível, família, saúde, consumidor, criminal, infância e juventude;

Tribunal Regional Eleitoral: impressão de segunda via, certidões e quitação de multa eleitoral;

Prefeitura de Porto Alegre: Secretaria de Desenvolvimento Social, Sine Municipal, Registro Unificado e Unidade Móvel de Saúde;

Caixa Econômica Federal: orientações sobre Abono Salarial, Bolsa Família, FGTS/PIS, Pé-de-meia, Seguro Desemprego e Caixa Tem;

Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social: intermediação de mão de obra, encaminhamento de seguro-desemprego;

Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região: informações sobre o andamento de processos judiciais e ações de conscientização relativas ao tema do trabalho;

Ministério Público Federal: informações à população nas demandas de intervenção do órgão;

Ministério Público do Trabalho: recebimento de denúncias e pedidos de mediação;

Ministério do Trabalho e Emprego: facilitação da antecipação do PIS, acesso à Carteira de Trabalho Digital e esclarecimento de dúvidas sobre o Seguro Desemprego;

Justiça Militar da União – 1ª Auditoria da 3ª Circunscrição Judiciária Militar: emissão de certidão negativa, atendimento pela ouvidoria;

Ministério Público Militar – Procuradoria de Justiça Militar de Porto Alegre: informações à população, recebimento de notícias relacionadas à intervenção do órgão;

Procuradoria Regional Federal da 4ª Região: serviço de conciliação judicial em ações previdenciárias da Justiça Federal;

Procuradoria Regional da União da 4ª Região: conciliação em demandas judiciais ajuizadas contra a União;

Defensoria Pública da União: orientação e assistência jurídica em questões da área federal;

Departamento de Perícia Médica Federal: realização de perícia médica federal;

INSS: informações sobre serviços e benefícios previdenciários e cadastramento de senha gov.br;

Tribunal Regional Federal da 4ª Região: informações processuais e registro de pedidos de tramitação preferencial, conciliação e emissão de Certidão Negativa;

Ordem dos Advogados do Brasil/RS: orientação e assistência jurídica à população carente;

Universidade Federal do Rio Grande do Sul: orientação jurídica cível, atendimento pelo Balcão do Consumidor, Superendividamento e Serviço de Assistência Jurídica Universitária;

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul: orientação jurídica nas áreas cível, família, penal e trabalhista, orientação sobre benefícios assistenciais, Balcão do Consumidor e oportunidades de emprego e estágio.

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm