Conecte-se conosco

header-top



 




 

15/04/2024
 

Saúde

MAIS MÉDICOS: Ministério da Saúde lança edital com 541 vagas para o RS

Redação

Publicado

em

MAIS MÉDICOS: Ministério da Saúde lança edital com 541 vagas para o RS - Divulgação Governo Federal

As inscrições para o Programa Mais Médicos estarão abertas a partir da sexta-feira, 26, com prioridade para profissionais brasileiros formados no país.

O Ministério da Saúde divulgou edital com 5.970 vagas distribuídas em 1.994 municípios de todas as regiões do Brasil. Dessas vagas, 541 estão destinadas ao Rio Grande do Sul, para 209 municípios do estado. Em toda a região Sul, serão 1.079 vagas.

O programa, que visa garantir atendimento médico principalmente nas regiões de vazios assistenciais, traz aos profissionais oportunidade de qualificação e aperfeiçoamento, além de incentivos e benefícios para atuação em áreas mais vulneráveis.

Além dos médicos brasileiros registrados no Brasil que terão prioridade na seleção, também poderão participar brasileiros formados no exterior ou estrangeiros, que continuarão atuando com Registro do Ministério da Saúde (RMS) em vagas não ocupadas por médicos com registro no país.

As inscrições seguem abertas até 31 de maio e a previsão é que os profissionais comecem a atuar nos municípios no fim de junho.

Quase 6 mil vagas ofertadas

Para o secretário de Atenção Primária à Saúde, Nésio Fernandes, as novidades incorporadas pelo Mais Médicos este ano buscam atrair e valorizar o profissional que participa do programa e, assim, garantir o cuidado da população e das comunidades.

“O novo Mais Médicos está ofertando quase 6 mil vagas no programa e quem participa tem a chance de garantir a formação em Medicina de Família e Comunidade. Nosso objetivo é que os profissionais com registro no Brasil ocupem as vagas que estão sendo ofertadas e por isso pensamos em tantas estratégias de incentivo”, reforça.

Além da oportunidade de qualificação, todos os participantes poderão receber incentivos pela permanência no programa e, aqueles que forem alocados em regiões de extrema pobreza e vulnerabilidade, de acordo com a oferta do edital, recebem um percentual maior.

Leia também: PSICOLOGIA: Fim de relacionamento: e agora? (por Marianna Rodrigues)

Atualmente, mais de 8 mil médicos atuam no Programa Mais Médicos e o edital aberto agora é para recompor vagas ociosas dos últimos quatro anos, além de 1.000 vagas inéditas para a Amazônia Legal.

Cerca de 45% das vagas estão em regiões de vulnerabilidade social e historicamente com dificuldade de provimento de profissionais. Em 2023, 117 médicos foram convocados para atuar em Distritos Sanitários Indígenas (DSEIS), inclusive no território Yanomami que se encontra em situação de emergência sanitária.

A expectativa do Governo Federal é chegar até o fim do ano com 28 mil profissionais do Mais Médicos atendendo em todo o país, principalmente nas áreas de extrema pobreza. Com isso, mais de 96 milhões de brasileiros terão a garantia de atendimento médico na atenção primária, porta de entrada do SUS.

Como se inscrever e critérios de alocação nos municípios

Para se inscrever, basta que o profissional acesse o Sistema de Gerenciamento de Programas (SGP) entre os dias 26 e 31 de maio, pelo endereço eletrônico https://maismedicos.saude.gov.br. Após a validação da inscrição, de 01 a 05 de junho, os candidatos poderão indicar até dois locais de atuação da sua preferência.

Na alocação dos profissionais, serão considerados critérios relacionados à titulação, formação e experiência prévia no projeto. E, para desempate, terão prioridade os candidatos de residência mais próxima do local de atuação no Mais Médicos, os com maior tempo de formado e os de maior idade.

Saúde

Três novas salas de hidratação entram em funcionamento em postos de Cachoeirinha

Redação

Publicado

em

Com o avanço dos casos de dengue no município, a Secretaria da Saúde de Cachoeirinha colocou em funcionamento mais três salas de hidratação em postos de saúde a partir desta segunda-feira, 15.

A ESF Canarinho, no bairro de mesmo nome, a UBS Otacílio Silveira, na Vila Anair, e a ESF José Ramos, na Granja Esperança, já estão com estrutura montada para fazer o tratamento dos pacientes que estão com a doença. “Segue sendo a orientação principal: se você apresenta febre e mais dois sintomas, procure a unidade de saúde mais próxima”, alerta a secretária Bianca Breier.

São sintomas da dengue:

  • febre acima de 38 graus constante
  • dor no corpo e articulações
  • dor atrás dos olhos
  • mal-estar
  • falta de apetite
  • dor de cabeça
  • manchas vermelhas no corpo

Além dos postos que começarão a fazer a hidratação nas salas, a UBS Odil e a USB Osvaldo Cruz já fazem os atendimentos. As unidades de saúde funcionam até as 17 horas, a UBS Décio Martins Costa até as 20 horas e o Odil, devido ao decreto de emergência na cidade, até as 22 horas.

Continuar a ler

Saúde

Dia D contra a gripe vacina 3,9 mil pessoas em Canoas

Redação

Publicado

em

No Dia D da vacinação contra a gripe, promovido no sábado, 13, mais de 3,9 mil pessoas foram imunizadas em Canoas, conforme balanço da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A aplicação do imunizante aconteceu em todas as unidades de saúde da cidade.

Do público imunizado, 1.791 foram idosos, 699 crianças, 21 gestantes, sete puérperas, um quilombola e 1.385 de outros grupos prioritários. Clóvis Vargas da Silva, 70 anos, compareceu à Unidade de Saúde CAIC, acompanhado de outros familiares. “A vacina contra a gripe é importante para a nossa saúde. Eu passei na casa do meu cunhado para pegar ele e meu sobrinho para nos vacinarmos. Hoje é sábado e é rapidinho”, disse.

A mobilização fez parte da campanha nacional de imunização, que vai até 31 de maio. Até o fim do prazo, a meta da Prefeitura de Canoas é vacinar 138.447 canoenses que fazem parte dos grupos prioritários, ou seja, idosos com 60 anos ou mais; crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes; puérperas; professores; trabalhadores da saúde, entre outros.

Além disso, outras 466 pessoas aproveitaram o sábado, com postos de saúde de portas abertas, para completar o calendário vacinal contra outras doenças.

A vacinação ocorreu também no Prefeitura na Rua, realizado no bairro Niterói, com 85 pessoas imunizadas (31 idosos e os demais de outros grupos prioritários).

Continuar a ler

Nova Santa Rita

Policlínica de Nova Santa Rita deve ter verbas federais para manter atendimento 24 horas

Redação

Publicado

em

Com a presença e apoio da Secretária Estadual de Saúde, Arita Bergmann, foram aprovadas, na quinta-feira, 11, pautas para a área da saúde de Nova Santa Rita.
A primeira é a habilitação de uma UPA Ampliada porte I, que possibilitará um incremento financeiro federal para a manutenção da Policlínica 24 horas.
A segunda é o aval do estado para a Gestão Plena dos Serviços de Atenção Especializada de Média e Alta Complexidade, que garantirá uma maior eficiência na aplicação dos recursos dessas áreas.
E a terceira é a aprovação de um pedido de Incremento Financeiro de R$ 11 milhões para ampliação do acesso aos serviços de média e alta complexidade à população de Nova Santa Rita. Isso irá possibilitar um avanço nos serviços disponíveis na rede municipal de saúde.
As pautas agora seguirão para habilitação junto ao Ministério da Saúde.
Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm