LAVAGEM DE DINHEIRO: Identificado maior esquema do crime organizado da história do RS

Divulgação PC

Policiais civis da 1ª Delegacia de Sapucaia do Sul – 1ª DP/SAPUCAIA DO SUL, coordenados pelo Delegado Gabriel Borges e pelo Delegado Regional Mario Souza, após 1 ano e meio de Investigações, identificaram o maior esquema de lavagem de dinheiro do crime organizado gaúcho, e deflagraram, nesta terça-feira, 19, a Operação Kraken.

De acordo com a Polícia Civil, os valores obtidos a partir do tráfico de drogas e crimes patrimoniais (roubos, latrocínios etc.) eram maquiados e investidos de forma empresarial por facção gaúcha que atua no Rio Grande do Sul, parte do Sul do Brasil e possui ligações internacionais.

Os policiais civis após essas investigações com o apoio do Ministério Público do RS representaram e obtiveram 1.368 (um mil trezentos e sessenta e oito) ordens judiciais no combate a maior organização criminosa do sul do Brasil e dos crimes de ocultação e integração de bens e valores praticados por esse grupo criminoso.

A coordenação é em conjunto com BM, SUSEPE, CMBRS, PC/SC, PC/PR, PC/MS, PRF E DEPEN. Foram mais de 1.302 (um mil trezentos e dois) agentes públicos cumprindo 1.368 (uma mil trezentos e sessenta e oito) ordens judiciais em 38 (trinta e oito) cidades do RS e em 4 (quatro) estados da federação.

Foto: Divulgação PC

Ramos de atuação da organização criminosa

Segundo dados da Operação, a organização criminosa investigada possui caráter empresarial, atuando de forma regrada, discreta e sempre visando o lucro por meio da prática de infrações penais. Principalmente crimes patrimoniais, narcotráfico e tráfico de armas de fogo. Pode-se dizer que, segundo as investigações, todo o tipo de conduta ilícita capaz de gerar lucro é praticada pelos membros.

Divulgação PC
Divulgação PC

Até o momento, os números de apreensões da Kraken são:

– dinheiro em espécie: R$ 72 mil reais
– veículos: 40
– presos: 58
– celulares: 87
– 50 milhões de reais em bens e valores

DENÚNCIAS ANÔNIMAS
LINHA DIRETA (51) 3425 9056
www.pc.rs.gov.br
WHATSAPP: (51) 9 8459 0259

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here