Canoas recebe lote da vacina da Pfizer e amplia vacinação contra a Covid-19

Foto: Divulgação

Canoas recebeu nesta quarta-feira, 26, um lote da vacina Comirnaty/Pfizer-Biontech. Pela primeira vez o município contará com o reforço de um terceiro imunizante na campanha de vacinação contra a Covid-19. Desde janeiro, eram utilizadas apenas a CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan, e a Oxford/AstraZeneca, fabricada no Brasil pela Fiocruz.

As vacinas da Pfizer serão utilizadas para primeiras doses de gestantes e puérperas com comorbidades (que apresentem indicação médica de avaliação dos riscos e benefícios) e profissionais da educação. O município recebeu um lote com 3.144 doses.

O secretário municipal da Saúde, Maicon Lemos, afirma que os profissionais foram capacitados para aplicar as novas vacinas com agilidade para não ocorrer desperdício de doses. As equipes passaram por um treinamento específico devido ao fato de a vacina possuir características diferenciadas de armazenamento, manuseio e aplicação. Após o frasco ser retirado do refrigerador e diluído, as doses devem ser aplicadas em até seis horas. Além das vacinas, o município recebeu seringas e diluentes (soro fisiológico).

Características da Pfizer

No Brasil, o Ministério da Saúde recomenda o intervalo de 12 semanas entre a primeira e a segunda dose da vacina.

Cada frasco tem capacidade para seis doses, sendo necessária para a aplicação a diluição do princípio ativo com 1,8ml de solução de cloreto de sódio (soro fisiológico).

Estudos clínicos comprovaram uma taxa de eficácia de 95% após as duas doses.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here