Mini-Zoo devolve Gavião-carijó que estava em tratamento desde novembro à natureza

Foto: Divulgação Prefeitura Municipal de Canoas

Foi solto nesta quinta-feira, 21, numa extensa área verde próxima ao Parque Jorge Lanner, no bairro Niterói, o Gavião-carijó que estava em recuperação no Mini-Zoo de Canoas desde o mês de novembro. No dia 08 de novembro, a ave da espécie Gavião-carijó (Rupornis magnirostris) foi recebida no Zoológico Municipal de Canoas. O animal foi resgatado por uma família às margens da BR – 448. Ele não conseguia voar devido a um corte feito nas suas penas primárias de voo. No zoológico, ele recebeu o tratamento apropriado e alimentação balanceada.

“Devido ao corte nas penas, situação comum de ocorrer quando as pessoas tentam manter aves em cativeiro, optamos pela realização do implante de penas, ou  ‘imping’. Este procedimento permite substituir penas danificadas por penas de um animal doador. O banco de penas é coletado de animais que foram a óbito e que a plumagem ainda estava intacta”, explica o veterinário Daniel Vasconcellos, do  Zoológico Municipal de Canoas. Após o processo de implante, o gavião foi mantido em local com limitação de espaço para a cura completa das penas e depois  transferido para um viveiro maior, onde pôde treinar sua capacidade de voo.

“A equipe técnica, tratadores e estagiários do Zoo se esforçaram muito para dar o melhor tratamento durante todo o período em que o Gavião esteve conosco. Estamos muito felizes de poder dar uma nova oportunidade para o Gavião retornar para a natureza onde é o seu lugar”, disse o veterinário.

Denúncias

Para denunciar cativeiro ilegal e maus tratos de animais em Canoas, deve-se entrar em contato com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente – SMMA, Setor de Fiscalização, através do telefone: (51) 3236-1800.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here