Clínica de Saúde da Família Cerne inaugura com horário estendido

Uma unidade de saúde completamente reformada, com pronto atendimento, ampliação do número de consultas diárias, horário estendido, mais consultórios odontológicos e o dobro de profissionais. Foi o que a Prefeitura de Canoas entregou para os moradores da Vila Cerne nesta terça-feira, 24. A Clínica de Saúde da Família está de portas abertas na Rua Engenheiro Kindler, nº 1460, e funciona 12 horas por dia.

“Nosso foco é trabalhar preventivamente. Dar condições para que as pessoas não adoeçam. Mais saúde e mais respeito para os profissionais da saúde”, garante o secretário municipal da Saúde, Fernando Ritter. Segundo ele, até o final de 2020, serão 14 unidades de saúde reformadas em Canoas.

A antiga UBS Vila Cerne contava com quatro equipes de Saúde da Família e uma equipe de Saúde Bucal. Com a nova Clínica de Saúde da Família, terá o número de profissionais dobrado e a estrutura que atendia, em média, 3.840 pessoas por mês, terá capacidade de atender até 8.000 canoenses.

Aos 74 anos, Irene Mancy foi a primeira funcionária da UBS Vila Cerne, onde trabalhou por 25 anos. Foi quem descerrou a fita de inauguração em homenagem aos funcionários. “Eu fiquei muito emocionada. Um presente para a comunidade. Ficou muito bonito”, garantiu.

Espaço em dobro

O espaço recebeu reforma geral e praticamente dobrou a estrutura física, com 179,35 m². Antes eram três consultórios, agora são nove. A Prefeitura também estendeu o horário para atender quem precisa do serviço fora do horário de trabalho. Por isso, os moradores poderão contar com a unidade das 7h às 19h, de segunda à sexta-feira.

Para a gestora da unidade, Ticiana Grotkowski Costa, vai muito de uma reforma da estrutura. “São muitas oportunidades não só na oferta de consultas, mas na ampliação da qualidade do serviço. Mais grupos, consultas multiprofissionais. Uma ampliação não só de espaço, mas de oportunidades”, comemora.

Além de Agente Comunitária de Saúde da unidade há mais de 16 anos, Tatiana Schneider Souza, 46 anos, também é moradora do bairro desde que nasceu. Ela comemorou a conquista. “Essa comunidade merece muito essa Clínica. Foi uma mudança de 100%, com a equipe toda completa, médicos e enfermeiros. Nós trabalhamos mais motivados e a comunidade é atendida no tempo que precisa. Estou muito satisfeita. Em 16 anos aguardando por este momento, não poderia ser melhor e em melhor momento”, agradece.

Atendimentos

Na prática, são ofertadas consultas clínicas e odontológicas, curativos, atendimentos ambulatoriais, exames, grupos de educação em saúde, vacinação, testes rápidos, psicólogos, assistente social, nutricionista, distribuição de medicamentos e marcação de consultas. Os agendamentos são diários, através do aplicativo Agenda Bem ou de forma presencial, onde a equipe atenderá de imediato todas as pessoas que chegarem à Unidade de Saúde.

Mais clínicas

Além das sete Clínicas de Saúde da Família que já foram inauguradas desde 2019, a Prefeitura está reformando outras quatro UBS, que também passarão a operar em breve no novo formato. Desta forma, as próximas CSF serão: Santa Isabel, Prata, e Nova Niterói. Estas clínicas se somam a outras unidades entregues nos últimos anos.

Clínica de Saúde do Idoso oferece pronto-atendimento na Avenida Guilherme Schell

A Prefeitura prossegue no atendimento aos idosos em todas as necessidades de saúde, além dos cuidados especiais em relação à covid-19. Conforme noticiado na última semana, embora recentemente tenha se espalhado nas redes sociais uma fake news (notícia falsa) sobre a extinção da unidade de pronto-atendimento do Idoso (UPA do Idoso), a unidade continua existindo. A equipe de reportagem do jornal Timoneiro conversou com o secretário municipal da Saúde, Fernando Ritter, que explicou que a unidade não apenas não fechou, como ainda teve seus serviços ampliados. O que ocorreu, de fato, foi uma mudança de endereço e de nome. A antiga UPA Rio do Idoso, antes localizada no bairro Rio Branco, agora está no Centro, na Avenida Guilherme Schell, chamada de Clínica de Saúde do Idoso.

De acordo com Fernando Ritter, o antigo espaço estava pequeno para atender a demanda de idosos que necessitam dos serviços. Além disso, o antigo local não possibilitava fácil acesso a quem vinha de outros bairros. Por fim, no novo local, foi possível agregar um Centro de Referência ao Cuidado do Idoso.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here