ABSM apresenta relatório com crescimento em atendimentos no Gracinha

A ABSM (Associação Beneficente São Miguel), gestora do Hospital Nossa Senhora das Graças, disponibilizou um relatório do primeiro quadrimestre de gestão à frente da instituição.
No relatório, a direção da ABSM destaca as melhorias estruturais e físicas realizadas e em planejamento – a exemplo da recuperação de espaços que estavam desativados; projeto de revitalização de alas como bloco cirúrgico e ala 4 (enfermaria), além da ampliação das atividades de capacitação e valorização dos colaboradores.
De abril a junho, os gráficos apontam o crescimento constante dos serviços, atendimentos, procedimentos assistenciais e cirurgias. A atual direção destaca também o apoio da mantenedora ABC, nas ações e iniciativas tomadas pela ABSM, gestora desde março deste ano. “Uma gestão genuinamente técnica e objetiva na resolução dos problemas que há anos vêm assolando o Graças”, destacaram os dirigentes.
Em março foram registrados 12.892 atendimentos, em abril 12.906, em maio 13.927 e em junho foram atendidas 17.255 pessoas. O número de cirurgias também aumentou: foram registradas em março 555, em abril 634, mas em maio passou para 710 e em junho chegou a 851 cirurgias.
Gracinha votado em primeiro para emendas parlamentares
Foi realizada na última sexta-feira, 9, na Câmara de Vereadores, em forma de audiência pública, mais uma edição do encontro “Você Decide”, de iniciativa da deputada federal Liziane Bayer (PSB), que norteia a distribuição de emendas parlamentares. A comunidade canoense se fez representada por vários setores e segmentos, mas em primeiro na votação popular ficou a área da Saúde, com o pedido para o Hospital Nossa Senhoras das Graças, representado na pessoa do Dr. Rafael França, presidente da Associação Beneficente São Miguel (ABSM), gestora do hospital desde março deste ano. Segundo França, os recursos serão destinados à revitalização da ALA 4 – enfermaria de cuidados clínicos (55) leitos, e aquisição de novos equipamentos. “O referido setor se encontra hoje em precárias condições e, devido à sua crescente demanda, requer atenção e cuidados imediatos”, ressaltou. A medida ampliará a qualidade dos serviços e do atendimento ao usuário.