“Noite do Tapete Vermelho” homenageia canoenses

Graziele Albuquerque

Duas noites que prometem fortes emoções ao público que comparecer no Teatro do Sesc, neste final de semana, 10 e 11 de agosto, garante o coreógrafo e diretor artístico Rubiélson Medeiros, que chega diretamente de Portugal para a “Noite do Tapete Vermelho”, com homenagens aos 80 anos de Canoas e aos cidadãos canoenses que fazem o desenvolvimento da cidade.
A principal atração do evento é a pré-estreia do documentário Memórias de uma Trajetória, que conta o desafio de 40 ex-integrantes do coral Pequenos Cantores, da escola canoense La Salle, que se reencontraram após 30 anos. A trama ocorre em torno dos ensaios e reuniões dos ex-colegas de colégio para o retorno ao palco. Através de depoimentos, compartilharam suas experiências na época em que integravam o coral.
O evento também contará com a participação de cantores, cineastas e bailarinos que farão uma performance inédita do Projeto Dance Partners. Rafael Bittencourt, professor e proprietário da Escola de Música canoense Music College (que é uma das instituições parceiras do evento), é uma das atrações da noite, e valoriza os eventos culturais que são promovidos em prol da cultura. “Procuramos sempre apoiar os projetos musicais da cidade, e também realizamos dentro da nossa escola e usufruindo também os espaços culturais da cidade”.
O espetáculo terá a direção artística de Rubielson Medeiros, canoense e morador de Braga: “Eu sei muito bem de onde eu vim, que foi da Mathias Velho. E quando sabemos da onde viemos, sabemos pra onde vamos”.