Editorial: “Independente das polêmicas, Ronchetti deixa o legado HPSC”


Editorial

Ronchetti

O ex-prefeito Marcos Antônio Ronchetti faleceu na quinta-feira, 11. Ronchetti teve como grande marco de sua gestão municipal a construção do Hospital de Pronto Socorro de Canoas. Depois de sua passagem pelo Executivo, para o qual foi eleito em 2000 e reeleito em 2004, Ronchetti ainda retornou à Câmara de Vereadores em 2012, eleito para o Legislativo ainda pelo PSDB. Após terminar o mandato como vereador, já pelo PDT, o ex-prefeito saiu da vida pública e seguiu sua luta contra o câncer. Viveu a política enquanto teve forças para participar dela e será sempre lembrado pela instalação do Pronto Socorro, um legado que veio em boa hora para cidade, que era ainda extremamente dependente do Gracinha. Independente de todas as polêmicas que pautaram sua gestão, instalar um hospital público em Canoas foi uma medida corajosa. E não se podia esperar outro marco positivo da gestão de um médico, uma pessoa que dedicou sua vida à Saúde e que sabia a importância de um bom acolhimento aos pacientes.