Conecte-se conosco

header-top






 

18/06/2024
 

Destaques

Secretaria de Desenvolvimento Social fala sobre atuação da pasta

Avatar

Publicado

em

Sinara Dutra

A Secretária do Desenvolvimento Social Luísa Camargo conversou com a equipe de reportagem do jornal Timoneiro na sede da Secretaria municipal. Ela pontuou que quando assumiu a pasta, em maio de 2017, tinha vários desafios pela frente, mas que considerava o principal deles uma solução de longo prazo para a situação do abrigo Raio de Sol.

Raio de Sol

A administração anterior da Prefeitura havia transferido 30 crianças de um espaço que não era adequado para uma casa com estrutura ainda pior. “A estrutura da casa não era adequada, as janelas sequer tinham vidros, eles estavam quebrados. Chovia dentro. No banheiro os fios do chuveiro estavam expostos. A casa dos fundos completamente inadequada. Nenhuma das duas casas tinha iluminação e nem luminosidade adequados. Além disso, a equipe era insuficiente para cuidar das crianças”, explica. Atualmente o abrigo funciona em duas casas alugadas pela atual administração municipal. Ambas estão localizadas lado a lado e tem gestão compartilhada entre a Prefeitura e a Associação Santa Isabel, uma parceria que Luísa avalia como muito positiva. E não só ela, em um parecer recente da Justiça, o abrigo recebeu elogios. “A juíza apontou, obviamente, pontos a melhorar, mas também reconheceu e elogiou a mudança tanto na estrutura da casa quanto do comportamento das crianças”, conta.

Redução de custos

Luísa explica que sua visão de trabalho é baseada na troca de experiências. Para ela a mudança de endereço da secretaria foi fundamental para melhorar a dinâmica da pasta. Antes localizada na Avenida Boqueirão, em um prédio vertical, a secretaria agora funciona na Rua Pedro Weingartner. No novo prédio, os setores passaram a funcionar lado a lado, todos no mesmo andar e sem divisórias. “Além de essa proximidade ter sido viabilizada, tivemos uma grande economia. Saímos de um aluguel de R$ 22 mil para um de R$ 8 mil”, revelou.

PETI

A secretária contou ainda que foi reativado neste governo o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). “Lugar de criança não é na sinaleira, é na escola, é aprendendo alguma coisa. Temos equipes na rua abordando as crianças, vendo onde moram para saber o que está acontecendo. Esse trabalho recomeçou em fevereiro deste ano e já mostra resultados”, conclui.

Continuar a ler

Destaques

Prefeitura de Canoas disponibiliza formulário para população se cadastrar no Auxílio Reconstrução do Governo Federal

Redação

Publicado

em

Prefeitura disponibiliza formulário para população se cadastrar no Auxílio Reconstrução do Governo Federal

Todos os canoenses que residem em regiões atingidas pela enchente já podem se cadastrar no formulário disponível pela Prefeitura, para terem acesso ao Auxílio Reconstrução do Governo Federal.

A iniciativa vai garantir R$ 5,1 mil diretamente à população, com pagamento realizado pela Caixa Econômica Federal, via PIX. O município cadastrou todos os CEPs das áreas afetadas. O programa não possui nenhum corte ou limitação de renda, nem a necessidade de inscrição no CadÚnico.

Os canoenses devem realizar o cadastro neste link.

Após o cadastro, a pessoa indicada como responsável deve acessar um sistema do Governo Federal, que será aberto na próxima segunda-feira (27/05), para confirmar o pedido. É necessário ter uma conta GovBr. Quem já possui conta na Caixa receberá o dinheiro diretamente nela. Para quem não tem, será aberta automaticamente uma poupança, onde será depositado o benefício.

No momento do cadastro, os canoenses devem preencher as seguintes informações:

– Nome completo e CPF do responsável da família;
– Nome completo e CPF de todos os outros membros da família;
– Endereço completo e CEP.
– Telefone de contato

*Após a inscrição, o morador deve assinar uma autodeclaração se responsabilizando pelas informações prestadas.

Continuar a ler

Destaques

DESASTRE NO RS: Total de mortos sobe para 83; 111 estão desaparecidos

Redação

Publicado

em

DESASTRE NO RS: Total de mortos sobe para 83; 111 estão desaparecidos

Na manhã desta segunda-feira, 6, um boletim divulgado pela Defesa Civil apontou que o número de mortos em decorrências das chuvas e enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul subiu para 83. Ainda estão sendo investigadas outras 4 mortes, e há 111 desaparecidos e 276 pessoas feridas.

De acordo os dados da Defesa Civil, 141,3 mil pessoas estão fora de casa, sendo 19,3 mil em abrigos e 121,9 mil desalojadas (na casa de amigos ou familiares). Ao todo, 345dos 496 municípios do estado registraram algum tipo de problema, afetando 850  mil pessoas.

Risco de inundação extrema

O nível do Guaíba, em Porto Alegre, está quase 2,30 metros acima da cota de inundação. Em medição realizada às 5h15min desta segunda-feira, 6, o patamar estava em 5,26 metros. O limite para inundação é de 3 metros.

Continuar a ler

Destaques

DESASTRE NO RS: Número de mortes chega a 66; Jairo Jorge afirma que dois óbitos ocorreram em Canoas

Redação

Publicado

em

DESASTRE NO RS: Número de mortes chega a 66; Jairo Jorge afirma que dois óbitos ocorreram em Canoas

Um boletim divulgado pela Defesa Civil na manhã deste domingo, 5, confirmou 66 mortes no Rio Grande do Sul por conta das fortes chuvas que assolam o Estado desde o último sábado, 27.

Outros seis óbitos já confirmados estão sendo investigados
, para verificar se têm relação com a tragédia; o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, disse em entrevista a uma rádio gaúcha neste manhã que o município registrou duas mortes.

Em breve mais informações.

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm