Vereador de Canoas é intimado a depor sobre vídeo de “menino é menino e menina é menina”

Foto: Reprodução internet

O vereador Airton Souza (MDB) recebeu na manhã do dia 28 de setembro, em seu gabinete na Câmara Municipal de Vereadores, um mandado de intimação da 4ª Delegacia de Polícia de Canoas. O documento solicita que o vereador se apresente em horário e data definidos para prestar esclarecimentos sobre ocorrência policial registrada contra ele, por conta de um vídeo publicado nas redes sociais no dia 30 de julho.

No referido vídeo, o parlamentar canoense se solidariza ao Pr. Jorge Linhares, que ganhou notoriedade após virar alvo do Ministério Público por compartilhar um vídeo defendendo a ideia de “menino é menino e menina é menina.” No vídeo produzido por Airton Souza, ele fala como inaceitável o que considera como cerceamento a liberdade religiosa e de expressão ocorrida no caso do pastor e convoca todos Cristãos a expressarem sua fé e lutarem por liberdade.

Airton se manifesta e pede orações

Neste dia 29, Airton Souza (MDB) voltou a se manifestar nas redes sociais através de vídeo. Na publicação ele expõe a intimação recebida e pede orações por ele e pelo país. O vereador também clamou por liberdade religiosa e liberdade de expressão. Airton também argumenta que sempre defenderá a verdade e os princípios Cristãos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here