Covid-19: pessoas com 31 anos ou mais são vacinadas nesta quarta-feira, 4

Foto: Sinara Dutra/Timoneiro

Foi estendida, nesta quarta-feira, 4, a vacinação contra a Covid-19 para a população de 31 anos ou mais. Já na quinta-feira, 5, a faixa etária será ampliada para 30 anos. A aplicação ocorre em 27 unidades básicas de saúde (UBSs), das 8h às 15h.

O que precisa levar

Para se vacinar, é necessário apresentar documento de identidade com foto e CPF e comprovante de residência. A redução das idades será possível devido à chegada de nova remessa de vacinas, o que deve ocorrer até o final da tarde desta terça-feira (3).

Adolescentes com comorbidades

A vacinação de adolescentes com comorbidades, entre 12 e 17 anos, gestantes e puérperas segue na Sala de Imunização do Hospital Universitário de Canoas (HU), de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h. No local, também acontece a aplicação da segunda dose da Pfizer para gestantes e puérperas que fizeram a primeira dose da AstraZeneca até 14 de maio.

Cronograma 

Quarta-feira (04)

Público: pessoas a partir de 31 anos

Locais: 27 UBSs, das 8h às 15h

Quinta-feira (05)

Público: pessoas a partir de 30 anos

Locais: 27 UBSs, das 8h às 15h

Documentação necessária: documento de identidade com foto e CPF e comprovante de residência.

Público: adolescentes com comorbidades, entre 12 e 17 anos, gestantes e puérperas 

Local: Sala de Imunização do HU (Av. Farroupilha, 8001, bairro São José), de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h

Documentação

Gestantes e puérperas: documento de identidade com foto e CPF, comprovante de residência e carteira de gestante ou certidão de nascimento da criança.

Adolescentes com comorbidades: documento de identidade com foto e CPF,  comprovante de residência e atestado médico que confirme a doença pré-existente. Pacientes que já fazem acompanhamento na rede básica podem utilizar o cadastro já existente, basta procurar sua UBS de referência para obter uma declaração

Lista de comorbidades para vacinação de adolescentes

Obesidade grave (acima do percentil 97 ou escore Z acima de 2 desvios – através das avaliações e curvas de crescimento)

Pneumopatias Crônicas Graves (asma – medicamentos em uso: broncodilatador de longa ação (formoterol/salmenterol) + corticoide inalatório ou uso de corticoide sistêmico (oral) contínuo ou história prévia de internação hospitalar/UTI (após os dois anos de idade) ou displasia broncopulmonar)

Doenças congênitas (raras, genéticas e/ou autoimunes)

– Imunodeprimidos (doença congênita/rara/genética/autoimune, neoplasias ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológicas no momento atual (em tratamento), cardiopatias congênitas com consequências sistêmicas, doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores, pessoa vivendo com HIV, neoplasias ou doenças hematológicas em tratamentos ou que justifiquem imunossupressão)

– Hemoglobinopatia grave (doença falciforme ou talassemia maior)

– Doença cardiovascular (cardiopatias nas quais o quadro clínico cause comprometimento sistêmico)

– Doença neurológica crônica (doença neurológica com comprometimento de deglutição ou situação que aumente risco de doença pulmonar ou doença cardiovascular, acidente vascular encefálico, mielite transversa, paralisia cerebral com descrição de limitações)

– Diabete Mellitus (diabete mellitus tipo 1 – crianças com condição insulino-dependente)

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here