Prefeitura deixa à população encargo de decidir sobre retorno das aulas

Foto: Divulgação Twitter

Após publicação feita pelo governo do estadual, nesta terça-feira, 27, do Decreto 55.856, que traz alterações no modelo de Distanciamento Controlado, e coloca o Rio Grande do Sul inteiro em bandeira vermelha, suspendendo a cogestão dos municípios, Canoas já pode retornar às aulas presenciais em todos os níveis.

Contudo, a Prefeitura Municipal resolveu que quem decidirá pelo modelo de retorno às aulas presenciais é a população de Canoas. Para isso, instalou uma ferramenta em seu site, onde as pessoas podem opinar se isso deve ocorrer mesmo sem a vacinação dos educadores do município.

Opinômetro

A Prefeitura de Canoas lançou nesta quarta-feira, 28, às 12h, o Opinômetro da volta às aulas presenciais. A ferramenta ficará disponível para votação por 24 horas – das 12h desta quarta-feira, 28, até 12h de quinta-feira, 29l, no site da Prefeitura de Canoas. O canoense deverá responder se nas escolas que integram a rede da Prefeitura, as aulas presenciais devem ser retomadas após a vacinação dos professores e trabalhadores da educação, ou antes da vacinação dos professores e trabalhadores na educação.

Sindicato dos Professores em Educação se manifesta

O Sindicato dos Professores em Educação de Canoas (Sinprocan), respondeu à nossa equipe, através de seu presidente, Julio Rodrigues dos Santos, que:

“Nós pensamos que o prefeito terceirizou a decisão que é dele. Jairo Jorge está lavando as mãos, não quer honrar a palavra do dia 25 de abril, onde disse que as aulas presenciais da rede municipal só voltariam com a vacinação dos Profissionais em Educação. Já temos decisão de assembleia, realizada em 23 de março, que o retorno presencial da categoria somente após a imunização dos profissionais. Sem vacina haverá greve”, enfatizou Julio.

O link para a votação: https://www.canoas.rs.gov.br/opinometro/ – das 12h de 28/4 até às 12h de 29/4.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here