Conecte-se conosco

header-top






 

21/02/2024
 

Política

Série “O que o seu vereador anda fazendo…” com a parlamentar Maria Eunice

Redação

Publicado

em

Jornal Timoneiro: O que já realizou durante o seu mandato?
Vereadora Maria Eunice Dias Wolf: PROJETOS DE LEI: Aprovados – a Esquina Democrática de Canoas; o Brique da Inconfidência; a denominação das Ruas do MQ-4 – Guajuviras; (Moção) Apoio ao Projeto do Dep. Fed. Marco Maia que designa o nome dos viadutos da cidade de Canoas. Em Andamento – o Conselho Municipal da Economia Solidária; o Feriado Municipal dia 20 de Novembro pela Consciência Negra; a Semana do Festival de Teatro – FESTIA; o Prêmio de Liderança Negra – Companheiro Marco Machado em parceria com o Vereador Bamberg; de Diretrizes e ações para Valorização e Prevenção no Combate à Violência contra as mulheres e meninas na Rede Municipal de Ensino; o Prêmio Maria da Penha destinado às lideranças femininas que se destacam no combate à violência doméstica e familiar contra a mulher em parceria com o Vereador Bamberg; que dá nome de Praça Professora Helley e Praça Mariele Franco as praças no MQ-4, no Guajuviras. Rejeitados – Criação da Procuradoria Especial da Mulher; Moções contra o Reajuste das Passagens e Redução do Tempo de Integração e de Pesar pelo falecimento de Marisa Letícia Lula da Silva.

Timoneiro: Quais as principais demandas dos populares que procuram seu gabinete?
Maria Eunice: a. ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE GERAÇÃO TRABALHO E RENDA
Cooperativa Vida Saudável- junto ao Instituto Consulado da Mulher para qualificar as empreendedoras, doação de equipamentos e recursos financeiros; Brechó das Comadres e Brechó da Selma – no Mathias Velho; Parceria da Cooperativa Vida Saudável e Associação de Mulheres do Multiplicar: Cursos de Culinária e Alimentação Saudável, de Reciclagem de pneus, de customização de roupas usadas e de Oficinas de Autoestima e empoderamento da Mulher no M. Velho e Guajuviras; Horta Comunitária Nancy Pansera– junto a empresas para doação de adubos, sementes e cerca; Associação de Mulheres do Multiplicar – Projeto MÃOS NA MASSA junto a PETROBRAS para constituição de Centro de Formação em Gastronomia e Qualificação de mulheres.
b. JUVENTUDE NA POLÍTICA – Realização de Oficinas de Reflexão e Desenvolvimento do Pensamento Crítico e Encontrões da juventude; Caravana da Juventude a Curitiba por Lula Livre.
c. IDOSOS – Apoio a Eventos dos Grupos de Terceira Idade: Os Vencedores – Vila Hercules; Eterno Aprendiz – Guajuviras; Flor da Idade – Harmonia; Amigos da Vida – Centro, Florescer – Rio Branco.
d. MORADIA – Reuniões com moradores da Vila de Passagem, da Estrada do Nazário, do Barranco e os sorteados do Programa Minha Casa Minha Vida, com a Secretaria da Habitação e CEF para moradia de 476 famílias do MQ-4; Assessoramento à Comissão de Moradores do MQ-4 para busca de serviços da limpeza e coleta de lixo, fornecimento de água e esgoto, atendimento dos correios, revitalização de praças, plantio de árvores e acesso à educação, saúde e segurança; Apoio aos moradores do Mato Grande para constituição da Associação de Moradores Jardim da Conquista.
e. SAÚDE – Busca de Emenda de R$ 2.100.000,00 do Dep. Fed. Marco Maia para Saúde em Canoas.
f. LUTA POR DIREITOS – Ato, passeatas, caminhadas, coleta de assinaturas e panfleteações contra a Privatização da PETROBRAS, da CORSAN, a Reforma Trabalhista e Previdenciária; para Caravana em Defesa de Lula Livre; para reabertura do Corpo de Bombeiros da Mathias Velho com Dep. Nelsinho Metalúrgico; Negociações para manutenção do emprego nas Escolas Municipais com Gestão Compartilhada; Reunião com pais e professores para continuidade do CEIA – Centro de Capacitação, Educação Inclusiva e Acessibilidade e com Sindisaúde, Hospital e Governo municipal.
g. MANDATO POPULAR – Banca Semanal na Esquina Democrática de Canoas para informar, receber denúncias e sugestões, visitas e participação em eventos de entidades populares.
h. DEMANDAS DA POPULAÇÃO – Mais de 3200 Pedidos de Providências para execução de serviços públicos, destes em torno de 500 na área da saúde e educação; 109 Pedidos de Indicação dos serviços da CORSAN,RGE,BRIGADA MILITAR, CAIXA FEDERAL; 29 Pedidos de Informação ao Prefeito.

Timoneiro: Das promessas de campanha, o que ainda falta ser realizado?
Maria Eunice: Só não realizamos os que dependem do governo municipal, como o Centro de Convivência do Idoso na região Oeste da cidade, aprovado no orçamento participativo e Criação de um Sistema Municipal de Emprego, Trabalho, Renda e Qualificação Profissional com o Projeto Cidade da Solda.

Timoneiro: Pretende se candidatar na eleição de 2020?
Maria Eunice: Para consolidar o trabalho desenvolvido por nosso Mandato Popular e ampliar a participação das mulheres no legislativo, vou concorrer novamente.

Continuar a ler

Política

Jairo Jorge, Busato e vereadores formam bloco político para construir nominatas em Canoas

Redação

Publicado

em

Jairo Jorge, Busato e vereadores formam bloco político para construir nominatas em Canoas - Foto: Marcio Marques

Na manhã de segunda-feira, 19, o prefeito afastado de Canoas, Jairo Jorge, e o deputado federal Luiz Carlos Busato reuniram-se com 10 vereadores e uma vereadora para debater e projetar o futuro da cidade de Canoas, visando as próximas eleições municiais.

Aproximação de partidos

O encontro reuniu lideranças dos partidos PSD, União Brasil, PT, PV, PC do B, Podemos, Republicanos e PDT. Participaram também os vereadores canoenses Alexandre, Bamberg, Cris Moraes, Emilio Neto, Jefferson Otto, Laércio, Linck, Maria Eunice, Pastor Duarte, Patricio e Patteta.

Conforme os organizadores, o objetivo foi pensar um projeto para Canoas e construir de forma conjunta as nominatas de vereadoras e vereadores que irão concorrer pelos partidos.

Ainda de acordo com a nota, os próximos encontros devem ocorrer em breve e a base pode ser ampliada. Isto porque o bloco político está dialogando com outros partidos.

Continuar a ler

Política

Canoas cria comitê para reorganizar serviços hospitalares

Redação

Publicado

em

Com o objetivo de reestruturar fluxos entre hospitais e otimizar as estruturas de saúde, a Prefeitura de Canoas criou o Comitê de Reorganização dos Serviços Hospitalares do Município.

A Comissão foi instituída pelo prefeito, Nedy de Vargas Marques, ao lado do secretário de Saúde, Jurandir Maciel. Com eles, estiveram reunidas as direções das três instituições da cidade: Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG), Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC) e o Hospital Universitário de Canoas (HU), anfitrião do encontro realizado nesta quinta-feira, 1º.

“O nosso governo é pautado pela legalidade e diálogo. E a saúde é o nosso maior compromisso para cuidar dos canoenses, com organização e resolutividade”, salientou o prefeito. O secretário de Saúde adiantou que, nos primeiros dias, o grupo vai se reunir frequentemente. “Em 15 dias, o Comitê deve elaborar um diagnóstico baseado em três pontos: Reestruturação dos Serviços e Fluxos dos Hospitais; Reavaliação das Referências Pactuadas com o Governo do Estado e a Projeção da Ampliação do Volume de Cirurgias, Exames e Consultas”, explicou Jurandir Maciel.

Durante o encontro de criação, a direção do HU apresentou um levantamento com os indicadores de produção da primeira quinzena de janeiro. “Somos referência para 153 municípios do Estado. A nossa maternidade, por exemplo, é a segunda maior do Rio Grande do Sul”, destacou o diretor-geral do HU, Paulo Nader. De 1º a 15 de janeiro, o Hospital Universitário de Canoas registrou 104 partos.

A nova direção do HU, empossada pelo prefeito Nedy no início de janeiro, assumiu o hospital com uma dívida de mais de 40 milhões, deixada pela gestão anterior, um desafio para a reorganização dos trabalhos neste ano.

A próxima reunião do Comitê de Reorganização dos Serviços Hospitalares do Município está marcada para a próxima terça-feira, dia 6 de fevereiro, no Hospital Universitário.

Continuar a ler

Política

Executivo encaminha projeto que aumenta representação de entidades sindicais

Redação

Publicado

em

Um novo projeto de lei prevê alterações na legislação que trata da dispensa de funcionários públicos representantes de entidades sindicais dos servidores. O texto foi assinado pelo prefeito em exercício, Nedy de Vargas Marques. Na cerimônia, que ocorreu na terça-feira, 30, o chefe do Executivo municipal se reuniu em seu gabinete com representantes dos sindicatos.

A Lei Complementar nº 1, de 29 de janeiro de 2024, regulamenta o inciso II, do artigo 123, da Lei Orgânica Municipal. A proposta atende à reivindicação dos representantes dos servidores, que tiveram redução no número de dispensas remuneradas. A última alteração nas regras, feita em 2021, limitou a apenas uma pessoa por entidade sindical.

A proposta, que será encaminhada à Câmara de Vereadores para votação, garante a dispensa remunerada de um servidor por entidade sindical, acrescida de mais um a cada 500 associados. O limite aumentará para dois funcionários públicos remunerados em 2024, três em 2025 e quatro em 2026. A nova legislação também revoga as leis anteriores, mais restritivas aos representantes eleitos.

“Esse projeto de lei é fruto de muito diálogo com as entidades sindicais. É uma demonstração do nosso respeito pelo papel vital que os sindicatos desempenham na defesa dos direitos e interesses dos trabalhadores”, ressaltou o prefeito Nedy.

A presidente do Sindicato dos Professores de Canoas (Sinprocan), Simone Riet Goulart, agradeceu o esforço para que o projeto avance. “O reconhecimento da nossa categoria é muito importante. Viabilizar o funcionamento da nossa entidade, ter esse reconhecimento, nos deixa muito felizes”, destacou.

Além da presença do prefeito e dos representantes das entidades sindicais, estiveram na assinatura secretários e autoridades municipais e a secretária-chefe de Gabinete Pollyana Perinazzo.

Regulamentação anterior:

Lei Municipal de 2011

Regulamentação inicial: Permitia que as entidades sindicais solicitassem a dispensa de servidores eleitos para cargos de representação sindical, sem prejuízos funcionais ou remuneratórios.
Quantidade de servidores dispensados: até 3 servidores por entidade, mais 1 para cada 1.000 associados, com limite de 7 servidores no total.

Lei Municipal de 2021

Alteração: Reduziu significativamente o número de servidores dispensados. Limitou a apenas 1 servidor por entidade sindical, garantindo seu afastamento do cargo sem prejuízos funcionais ou remuneratórios.

Continuar a ler
publicidade

Destaques

Copyright © 2023 Jornal Timoneiro. Developed By Develcomm