Walter Kuhne Junior: “Precisamos criar um Atlas Socioambiental em Canoas”

Walter Kuhne Junior – Ambientalista

Atlas Socioambiental

A necessidade de criar um Atlas Socioambiental em Canoas é urgente como uma ferramenta de trabalho para preservar o nosso Patrimônio ambiental e cultural em nossa cidade de Canoas. O município carece de conhecimento mais profundo dos seus recursos naturais, como arroios, nascentes, mananciais e suas áreas verdes de cobertura na cidade, sua fauna e sua flora e o conhecimento morfológico do seu solo, onde vivemos.

Canoas tem uma diversidade de culturas que agrega várias matizes de pensamento que ajudaram a construir a sua diversidade cultural e histórica da cidade. Como sua arquitetura e seu patrimônio histórico que tem um certo descaso das autoridades locais.

O conhecimento da nossa história e conhecermos o nosso “Patrimônio Ambiental” nos leva a conhecermos a nossa própria cultura que é tão rica. Cidade de Porto Alegre, São Leopoldo, Barcelona, na Espanha, já têm seus próprios “Atlas Socioambientais” como referência nas suas localidades. São espaços urbanos e nas áreas de interesse social e popular, como manejo de solo e localidade de risco.

O professor Rualdo Menegat, um dos grandes incentivadores deste grande projeto diz que: “É uma ferramenta para uma sociedade mais organizada e comprometida com seu Meio-Ambiente natural da sua comunidade.”.

A possibilidade de construir este Atlas com a gestão pública é sem dúvida um avanço para nossa sociedade e a realidade que vivemos hoje. Vivemos em uma cidade que um aluno de uma escola pública não sabe a diferença entre um arroio de uma vala de esgoto. Muitas pessoas não sabem quais são os rios que banham a nossa cidade por não terem o conhecimento fundamental dentro do currículo educacional.

Vamos construir esta narrativa do nosso município como forma de valorizar o conhecimento da cidade. De uma forma criativa e popular dentro de uma democracia participativa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here