Busato assina edital para concessão do transporte coletivo canoense

Na manhã desta quarta-feira, 18, foi lançado o tão aguardado edital de licitação para a concessão do transporte público de Canoas. A assinatura do documento, feita pelo prefeito Luiz Carlos Busato, foi realizada em ato na Prefeitura Municipal, que contou com secretários, autoridades, populares, além dos órgãos da imprensa. O edital, no formato de concorrência pública, tem prevista a seleção da empresa no dia 21 de outubro.

Em breve discurso, Busato ressaltou que a gestão assegura que os ônibus terão wi-fi, acessibilidade e ar-condicionado, entre outras coisas, e que essa licitação foi planejada com bases técnicas, e que, por isso, está seguro de que está entregando qualidade para a população canoense.
A licitação obriga que a idade média dos veículos seja menor que a atual, de oito anos, e há exigência de que os ônibus sejam equipados com câmeras internas e externas, GPS e sistema de bilhetagem eletrônica.

O secretário de Transporte e Mobilidade, Ademir Zanetti, agradeceu o empenho dos responsáveis pelo lançamento do documento. “Técnicos e secretários se debruçaram sobre todos os pormenores do edital, para garantir que aconteça uma prestação de serviços como a população merece. Agora, as empresas interessadas podem ter ciência do edital”, lembra o secretário.

Sustentabilidade
Além disso, o prefeito Busato revelou que é planejado um investimento em ônibus elétricos. “Faremos uma proposta para que o recurso que a empresa vencedora da licitação deve depositar para o Fundo Municipal de Transportes vá para a aquisição de alguns ônibus elétricos. É uma forma de começarmos a ter uma frota realmente sustentável, sem custo de combustível fóssil, por exemplo”, garantiu o prefeito.

Melhorias previstas
A primeira audiência pública para apresentar as condições gerais que orientariam a licitação para a concessão do transporte público municipal foi realizada no dia 31 de julho deste ano. Na ocasião, Busato ressaltou que este era um tema importante para a cidade. “Desde o primeiro dia da nossa administração, estamos tomando atitudes para a melhoria do sistema de transportes. Esta é uma obrigação que nós temos, um compromisso que assumimos com os canoenses”.

Canoas possui uma média mensal de 1 milhão de passageiros de ônibus coletivo, e 160 mil de seletivo. O contrato previsto na licitação é único nas modalidades de transporte coletivo e seletivo na cidade de Canoas.